Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Qui | 23.01.20

Whispers in the Shadows

Volumes I e II

Podia falar destes dois livros em separado, no entanto prefiro fazê-lo em conjunto uma vez que ambos têm a mesma estrutura.

Ambos os volumes de Whispers in the Shadows contêm pequenos contos, extremamente rápidos de ler mas nem todos deliciosos... enquanto o primeiro volume desperta a curiosidade do leitor (apesar de alguns serem algo previsíveis) o segundo não traz grandes novidades levando à sensação de aborrecimento em alguns casos e à perda de interesse.

Claro que o facto de haver uma temática comum não ajuda muito quando lemos as duas antologias, no entanto, o facto de serem pequenas histórias deveria manter a leitura interessante e o leitor desperto para conhecer novas personagens.

Alguns contos podem ferir as susceptibilidades de pessoas mais sensíveis, num deles tive mesmo de parar de ler pois estava a ficar enjoada (literalmente) de tão detalhada que era a descrição do autor. Ainda assim isso, para mim, é um ponto positivo pois é raro tal coisa acontecer. Não é difícil para mim entrar numa história, num novo mundo ou realidade mas é difícil ligar-me à escrita ao ponto de ficar com o estômago às voltas (não sou fácil de impressionar nesse aspecto).

Li ambos os livros em menos de uma semana já que são relativamente pequenos e as viagens entre casa e o trabalho são um pouco longas... dei por mim a ler na cama um pouco antes de dormir, coisa que tem sido rara ultimamente...

Aconselho vivamente a leitura do volume I e deixo a decisão de ler o volume seguinte ao critério de cada um sendo que foram muito poucos os contos de que gostei neste mas os gostos são pessoais e alguns podem discordar desta minha posta de pescada. 

vol1.jpgvol2.jpg

Título: Whispers in the Shadows

Autor: Alan James Keogh

Goodreads: Volume 1, Volume 2

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.