Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Qui | 03.05.18

Um mundo sem pão, queijo e chocolate...

Allô allo
Quem segue o blog sabe que estive ausente uns dias por andar menos bem e quem segue o meu instagram subitamente deparou-se com posts que tinham comida saudável e (pausa para o choque) fruta!!
Eu, Alexandra Rolo, nascida em 1989, fã assumida de pão saloio e de queijo em doses industriais com o máximo de chocolate possível... Tornei-me uma adepta forçada da alimentação saudável. Eu que atrofiava com um colega que comia papas de aveia ao pequeno-almoço enquanto eu devorava uma sandes XXL com presunto... Agora como papas de aveia com fruta.
Ora bem, para todos os gurus da alimentação saudável que acham que aderi à sua religião devido a um momento iluminado de inspiração divina... Epá fiquei doente. A verdade é que tenho passado umas semanas muito pouco simpáticas entre enjoos (não estou grávida), diarreias e dores de estômago que me faziam deitar-me enrolada numa bolinha.

DSC_0645.JPG

Depois de muito insistirem comigo e eu ter desistido de aguentar esta tortura dolorosa lá fui médico e uma pilha de exames depois decidi fazer também o teste das intolerâncias alimentares (A200). O meu médico não o sugeriu e até disse que não era necessário fazer pois tinha-me passado análises a alergias alimentares (que não é a mesma coisa).

Agora saltando as aventuras divertidas de endoscopias e colonoscopias e umas quantas picadelas de técnicas desastradas a tirar sangue...
Já sabia que o leite não me caía bem sendo essa a razão pela qual já tinha passado para bebidas de soja vai para uns 3 ou 4 anos (a mesma altura em que se soube que a minha sobrinha tinha de tirar da sua alimentação tudo o que continha leite) mas o queijo eu aguentava bem (desde que não fosse em doses industriais como fiz em São Miguel).
Lá fiz então o teste na clínica Lusíadas (Sacavém) onde me me explicaram que os resultados viriam numa pastinha com indicações detalhadas caso acusasse alguma coisa). O processo foi fácil e enquanto esperava rezei para que me tirassem tudo menos o gluten já que o meu amor por pão atravessa galáxias... Chegaram os resultados e muito feliz vi que não tinha problema algum com gluten... Já o trigo era outra história. Além do trigo o teste acusou uma série de outras intolerâncias como agar agar (que nunca tinha ouvido falar até este dia), amêijoa, caseína, tudo o que é leite, amaranto (outra coisa que nunca tinha ouvido falar xD), avelã, cevada, clara de ovo, cola / noz de cola, levedura de cerveja, trigo, vieira,... Divididas em três níveis que indicam se posso ingerir ocasionalmente ou devo retirar por completo da alimentação algum tipo de alimento.

DSC_0646.JPG

Não esperei muito. No dia a seguir logo de manhã aventurei-me numa ida às compras com o cartãozinho que tem um resumo do que não posso comer e foi uma aventura... Encontrar coisas sem leite não é difícil mas sem trigo... O pão, bolachas, snacks, tudo leva farinha de trigo... Até a broa de milho e pão de centeio... E claro que para ajudar é tudo mais caro. 

 
Fui assim forçada a encontrar novas opções para não morrer de fome e tenho sobrevivido. Doces? Bolos? Ando a adaptar receitas e os snacks da manhã? Todos alterados para cumprir as nova restrições. 
Com isto lá vão duas semanas e agora começo a sentir-me melhor. Já fui ao médico e ele confirmou que o problema era mesmo a alimentação e por isso não foi preciso tomar medicação. 
Agora é ir controlando o peso para ver se não perco muito e muito depressa e cumprir com as indicações. Ainda não tou a 100% mas tou muito melhor.
E pronto esta é a triste verdade. Uma amiga minha disse que seria interessante partilhar esta pequena história e as minhas receitas e cá estou eu :) 
Curiosos para ver como me mantenho viva e mentalmente sã sem pão, queijo e sem tabletes de chocolate? 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.