Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 03.09.19

Por um fio

Pantapuff
Aqui estou eu com mais um livro da Rainbow Rowell... Sei que tenho dito isto nos últimos posts mas acho engraçada a progressão das histórias. O Eleanor & Park passa-se durante os anos de liceu, o Fangirl leva-nos de volta ao primeiro ano de faculdade, o Anexos (...)
Qui | 29.08.19

Anexos

Pantapuff
Isto de andar de um lado para o outro tem as suas vantagens, dá para ler mails pelo caminho e livros... e sim trago mais uma posta de pescada. Sei que é a segunda desta semana mas não consigo evitar quando a Rainbow Rowell escreve desta forma viciante que me obriga a ler páginas umas a seguir às outras durante toda a viagem... Era suposto o livro durar até amanhã mas oops acabei-o hoje e agora estou sem nada para ler no regresso a casa... estou seriamente a ponderar instalar o (...)
Qui | 17.01.19

O Homem de Constantinopla

Pantapuff
Uma viagem a um passado recente, outras culturas e formas de pensar... Não é comum ler romances mas ocasionalmente sabe bem e a escrita de José Rodrigues dos Santos ajuda a que seja uma leitura leve e sem muitas chatices. Apesar de grande o livro é rápido de ler e a história está construída de forma a que no final de cada capítulo só dê vontade de ler mais um... Em O Homem de Constantinopla temos então a história de uma vida e como uma pequena moeda pode mudar a forma de (...)
Sex | 07.09.18

Cinzas (Blood Ties #3)

Pantapuff
Título: Cinzas Título original: Ashes to ashes Série: Blood Ties #3 Autora: Editora: 1001 mundos Goodreads   Viva livros que não nos obrigam a pensar. Ocasionalmente sabe bem ler algo assim, aqueles romances leves que servem para fazer "awwwe" e pouco mais. É um livro que facilmente cai no esquecimento mas a cabeça até agradece ao fim de um dia longo. Jennifer Armintrout é boa com isso... (...)
Seg | 04.09.17

My little Lover

Pantapuff
Traduzido para português como A minha namoradinha é uma série japonesa (Minami-kun no Koibito - "Minami's sweetheart") que chegou à Netflix e envolve rapidamente os fãs deste estilo de série. Dois amigos de infância (Chiyomi e Shunichi) afastam-se um do outro até ao dia em que ela se apercebe que está apaixonada por ele e deseja que tudo volte a ser como era dantes... e encolhe! Começa então a aventura que leva estes dois amigos a juntar-se uma vez mais para tentar (...)
Ter | 04.10.16

Mini postas de pescada e muitos filmes

Pantapuff
  Noah Uma excelente adaptação a cinema da tão conhecida história bíblica. Adorei ver a Emma Watson, uma vez mais a quebrar com o papel de Hermione Granger e a fazer algo novo e diferente daquilo a que estamos tão habituados.     50 shades of Black Lembram-se daquele tempo em que as paródias tinham piada? Acho que isso é coisa que já deu o que tinha a dar. Este filme deveria ser engraçado. Eu sou a pessoa que mais facilmente se parte toda a rir, mas isto é o maior nonsense (...)
Ter | 19.04.16

Conversa sobre romance Steampunk

Pantapuff
Em 2013, era eu uma moça muito ocupada com vários projectos na área da literatura... a comunidade Steampunk estava a começar a ganhar mais adeptos, principalmente na componente mais estética. Por isso e porque estou prestes a voltar a falar do assunto, aqui fica a minha primeira palestra que acabou por ser mais uma conversa com a Joana Lima da Clockwork Portugal, durante a segunda edição da EuroSteamCon, no Porto.
Ter | 01.09.15

Succubus Blues (Georgina Kincaid #1)

Pantapuff
 Título: Succubus Blues Série: Georgina Kinkaid #1 Autora: Richelle Mead Goodreads E voltei a pegar num livro de Richelle Mead! Succubuc Blues é um romance leve e divertido de ler. O ideal para quem sofre de dias longos e esgotantes e apenas quer parar um pouco e arrefecer os neurónios. Esta história leva-nos a conhecer Georgina, uma succubus que não parece gostar muito de o ser (...)
Seg | 12.01.15

Alma Rebelde

Pantapuff
Título: Alma Rebelde Autora: Carla Soares Porto Editora Goodreads   Demorei mas finalmente li! (E demorei para escrever isto) Comprei este livro em formato ewook para ler, a pensar que poderia fazer como no kindle (que leio em qualquer lado), mas nãaaaaaaao só podia ler quando estivesse ligada à net e por isso disse "ó wook vai apanhar no traseiro". Ainda assim queria ler o livro. (...)