Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 07.07.15

Não se pode falar...

Pantapuff
Já não se pode comentar um post público no facebook, não se pode partilhar uma opinião, não se pode ter um debate. Nunca pensei ver tamanha peixeirada por causa de um post no meu perfil pessoal que já leva a queixas ao SAPO blogs.Lamento informar que um post sendo público pode ser partilhado e foi isso mesmo que fiz, partilhei, comentei uma (...)
Sex | 03.07.15

Uma carta aos doutores da verdade

Pantapuff
Caros senhores doutores da verdade, Vivo num país livre, vivo numa democracia. No entanto algumas pessoas acham que são donas da verdade absoluta e que mandam no que os outros devem pensar e dizer. Agradecem sempre as nossas opiniões mas agradecem também que seja pedida permissão antes de as dizer publicamente.   Hoje, após partilhar uma capa de uma editora, no meu perfil pessoal, com um post que dizia que as pessoas deviam enviar candidaturas espontâneas para o lugar de designer (...)
Ter | 01.07.14

A arte da procrastinação #6- Visita à SIC

Pantapuff
Foi ontem que eu e a Beatriz fomos ao programa Boa Tarde, da SIC. Fomos convidadas para uma conversa informal sobre procrastinação e já tínhamos respondido a diversas questões, sobre os mais diversos aspectos das nossas vidas, a um jornalista que nos tinha contactado.Foi giro estar um pouco com a Beatriz, (antes da nossa entrada no programa) e conversar sobre os nossos mais recentes projectos.Infelizmente o que acabou (...)
Sex | 31.08.12

Review de "Diário de uma Pagã"

Pantapuff
O Frazão só deu duas estrelitas (ohhh) mas oh well... é a vida e não se pode agradar sempre, não é? Não sendo grande fã de poesia, admito que houveram alguns poemas desta obra que me agradaram. Por exemplo:Cada lágrima guardadasem cair de meus olhossão como facascravadas cada vez mais fundoem meu coração partido Os restantes, obviamente, foram feitos por alguém e para alguém com mais sensibilidade do que eu. link da review
Qua | 29.08.12

Sou filha de pais ricos e não sabia

Pantapuff
«Os novos passes para estudantes vão ter descontos que variam entre os 25 e os 60%, mas só poderão ser requeridos por crianças e jovens de famílias cujo rendimento médio mensal seja igual ou inferior a 503 euros.» (JN) Querem que as pessoas utilizem os transportes públicos, querem que os jovens estudem então o melhor é tirar as (...)
Sex | 25.05.12

Brainless movies

Pantapuff
Gosto de zombies e de vez em quando lá ando à procura de filmes que ainda não tenha visto. Estes foram os mais recentes: Abraham Lincoln vs. Zombies, Dance of the Dead e Virus Undead. Vi o trailler deste filme e pensei "ooo sounds cool", vi o filme e foi um bocejo gigante. Quer dizer temos um presidente kick ass, gajas giras, um romance e zombies, mas é uma grande seca que de terror tem (...)
Qua | 15.02.12

Ser gaja é cansativo

Pantapuff
É as pernas que têm de ser depiladas (aka tortura), é as sobrancelhas arranjadas, as unhas bonitas, pele hidratada, sair de casa maquilhada... ser gaja é cansativo...O dia começa logo com a complicada decisão da roupa (pânico), logo depois é o creme da cara, o das mãos, o eyeliner, batom, corrector de olheiras (o meu melhor amigo *-*) e weeee there we go, a não ser que tenhamos tomado (...)
Sex | 27.01.12

Não aos feriados religiosos - tirem-nos todos

Pantapuff
Andamos à imenso tempo a ouvir falar dos feriados que vão ser retirados. Após consultar a Igreja decidiram-se em tirar dois feriados religiosos e dois civis. Isto leva-me a uma pergunta muito simples: porquê?Para começar acho que a Igreja não tem absolutamente nada a opinar no que o Estado faz ou deixa de fazer e em segundo lugar, caso não me esteja a falhar a memória Portugal é um (...)
Sab | 21.01.12

Pantapuff no Correio do Fantástico

Pantapuff
 O correio do fantástico surgiu como um pequeno projecto na mente de Roberto Mendes e começou a ganhar forma quando o mesmo se correspondeu com o escritor português, Pedro Ventura; O resultado foi uma primeira tentativa de criar um blog em que a literatura fantástica, que atinge agora um enorme “boom” no panorama literário português, fosse tratada através de alguns “posts” de análise. Mas um dos (...)