Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bem, estava difícil de conseguir voltar ao meu maravilhoso hábito de parar e ler. A pipoca já estava a começar a fritar quando decidi começar a levar o meu livrinho para o café para ler uns minutos enquanto bebia o café depois de almoço. Tendo em conta que me tenho levantado cedo esta semana e com as minhas tentativas para não deixar trabalho para trás e terminar a dissertação... bom digamos que aqueles 15 / 20 minutos me sabem a paraíso.

Título: A Noite de Todas as Almas
Título original: A Discovery of Witches
Série: All Souls Trilogy

Autora: Deborah Harkness

Editora: Casa das Letras

Goodreads

 

A Noite de Todas as Almas é da autoria de Deborah Harkness e comprei-o porque a capa é bonita. Not joking. Basicamente quando vi a capa apaixonei-me logo por ela e depois foi o título. Cada vez que pegava no livro lia a sinopse e passado um bocado esquecia-me dela. Andei nisto até que finalmente o comprei em Outubro passado com uns cheques-prenda que me tinham oferecido nos anos.

E na prateleira ficou devido ao seu reduzido tamanho (700 páginas) que me impedia de o ter na mala quando saía de casa.

 

Este livro tem tudo aquilo de que gosto: um livro misterioso, uma historiadora que é bruxa e não usa os poderes a não ser para arranjar a máquina de lavar roupa e um vampiro que adora bons vinhos.

Diana é uma das descendentes das bruxas de Salem e tem em si um grande poder que se recusa a usar mas tudo muda quando conhece Matthew e encontra um livro extremamente antigo.

O livro pode ser grande mas eu não dei por isso. A escrita envolveu-me de tal forma que mal o conseguia pousar. Infelizmente notei várias gralhas e algumas frases que foram claramente mal traduzidas. Ainda assim é um livro muito bom e arrependo-me de o ter deixado na pilha tanto tempo.

Esta parte da história termina num ponto que me deixou a roer as unhas de curiosidade (não literalmente) mas não posso ler já. Vou continuar a minha missão de ler o que tenho cá em casa primeiro.

O próximo volume é o Shadow of Night (não me apetece ir à procura do título em português) e um dia vai estar nas minhas mãos ^_^

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Dead Iron (Age of Steam #1)

por Pantapuff, em 08.10.12

Título: Dead Iron
Série: Age of Steam #1
Autora: Devon Monk 

Goodreads

Depois de terminada a Nanozine dedicada ao Steampunk achei por bem terminar Dead Iron, que andava a arrastar à semanas. Ao ler a sinopse fiquei um tanto entusiasmada mas depois a leitura em si foi bastante aborrecida. 

Temos um bocadinho de tudo, de bruxas a lobisomens até a seres manhosos que fazem meninos de verdade a partir de bocados de madeira (pinóquio much?).
A única personagem que achei estar melhor construída e envolta em mistério é Rose, a maluca da zona que afinal de maluca não tem nada. É uma mulher forte que tem como sonho viajar, criar e voar. Toda a sua existência está envolta em mistério pois a família com quem vive não é a bilógica. Se não fosse pela sua existência tinha largado o livro ainda no início, mas ela manteve-me curiosa e com vontade de saber mais.
Infelizmente a história não acaba aqui...

Sinopse: In steam age America, men, monsters, machines, and magic battle for the same scrap of earth and sky. In this chaos, bounty hunter Cedar Hunt rides, cursed by lycanthropy and carrying the guilt of his brother's death. Then he's offered hope that his brother may yet survive. All he has to do is find the Holder: a powerful device created by mad devisers-and now in the hands of an ancient Strange who was banished to walk this Earth. In a land shaped by magic, steam, and iron, where the only things a man can count on are his guns, gears, and grit, Cedar will have to depend on all three if he's going to save his brother and reclaim his soul once and for all...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.