Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 02.03.21

Ser criativa ao fim de um ano fechada em casa

Daqui a uns dias celebramos o nosso primeiro aniversário... Vai fazer um ano que estamos em casa (well... os que podem, pois há malta que precisa de ir para o escritório) e temos vivido vários desafios...

Criadores de conteúdo subitamente não têm nada a acontecer... não se passa nada! Tudo parou!

Não há eventos e isso para mim significa que muitas coisas tiveram de parar também... Tinha como objectivo em 2020 fotografar mais cosplays, criar mais coisinhas para as plataformas onde costumo andar e aprender mais. A parte do aprender concretizou-se mas as fotos ficaram reduzidas a uma sessão fotográfica como Super Maria e mesmo essa foi já feita em casa...

IMG_20210301_134711.jpg

Não sendo seguro ir para um estúdio (além de ser dispendioso) optámos por comprar algum material e por isso podemos agora em poucos minutos montar um pequeno estúdio no atelier com fundos, luzes, etc... Isto facilita muito o trabalho e evitamos a deslocação de montes de coisas necessárias já que assim fazemos tudo ali no atelier (até agora não foi necessário fazer fotos noutra divisão da casa.

E o fotógrafo? Perguntam vocês. Pois, com o confinamento nenhum fotógrafo entra cá em casa e por isso foi necessário encontrar uma solução... transformei o meu telemóvel num controlo remoto para a máquina fotográfica e tadaaaa.

A vantagem de usar o telemóvel é que consigo ver o que está a ser apanhado pela lente e ajustar a pose para não parecer uma batata.

 

Tendo em conta que o atelier é o meu espaço de trabalho não tenho as coisas montadas permanentemente. Deixei apenas os tripés onde penduro os fundos num cantinho e o resto (luzes, softboxes,...) está na sua caixinha num cantinho do quarto e tiro apenas quando necessário.

Por norma o que faço é planear bem com antecedência. Se vir que tenho um dia mais ou menos livre preparo as coisinhas logo de manhã e faço tudo num só dia: fotos, tik toks, etc e depois sento-me a seleccionar e editar o que é para ser publicado, quando, em que plataformas, etc.

Não gosto de editar demasiado as fotos, dou apenas um toque aqui e acolá mas sem retocar o meu corpo. No máximo, retiro sinais que tenho na cara (caso seja uma foto de cosplay e a personagem não tenha esses sinais).

Capturar33.JPG

No caso das fotos de Hera de Lore of Olympus que comecei a publicar recentemente a edição que fiz foi nos tons para que o amarelo sobressaísse e em alguns casos o fundo da imagem. Não retoco o meu corpo tirando bocadinhos aqui e ali, sou como sou...

Mas voltando ao tema... consigo criar conteúdo. Tem sido um desafio e é preciso puxar um bocado pela cabeça, mas é possível.

Claro que nem toda a gente tem a possibilidade de comprar determinadas coisas mas um lençol branco e um telemóvel fazem pequenos milagres. Aliás, o nosso plano original era comprar um varão de cortinado ou um cabo de vassoura extensível e suportes para toalhas e depois comprar uns metros de tecido. Não avançámos com essa opção pois apareceu uma promoção maluca para o estúdio.

"AAAAAAAHHHHHHHHHHH Mas não tenho um atelier" Uma parede branca também ajuda. Durante muito tempo foi assim que trabalhei... Quando vivia em casa dos meus pais o meu quarto era o meu mundo e ou usava uma parede branca ou o meu roupeiro como fundo das minhas fotos. Era lá que tinha todo o material de cosplay e era lá que fazia tudo (menos cortar grandes peças de tecido. Isso às vezes fazia no chão do corredor ou da sala).

"Não tenho um tripé!" Bem malta, se vos mostrasse os meus setups antes de ter um tripé vocês morriam a rir... Punha o telemóvel em canecas em cima de pilhas de livros ou caixas... Entretanto comprei dois tripés super baratos no ebay, um pequenino e um que na verdade é um selfie stick mas tem tripé incluído. Só no ano passado já bem dentro da pandemia é que o moço me ofereceu um ringlight com tripé incluído para o telemóvel que também comprou mega barato no Aliexpress.

 

Às vezes temos de ser criativos e não deixar que a falta de uma máquina ou luz nos impeça de fazer as coisas que queremos fazer... afinal de contas o Sol ainda é gratuito e uma cortina, uma excelente softbox já incluída na casa (a não ser que vivam na minha casa... ao fim de quase 2 anos ainda não temos cortinados xD)

Mas pronto, isto tudo para dizer o quê? Que ando a fazer coisinhas e tenho posts a caminho, vídeos para o YouTube e mais uma série de coisinhas. Até lá fiquem atentos ao instagram e tik tok que vou lá publicando todos os dias.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.