Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Qui | 09.08.12

Fahrenheit 451

Título: Fahrenheit 451
Autor: Ray Bradbury

Goodreads, Kindle, Amazon, Book depository, Fnac, Bertrand, Wook, Europa-América

E se ter e ler livros fosse proibido?
Numa época em que ler é mau e os bombeiros são os que queimam os livros e as casas que os escondem, Guy Montag começa a questionar a realidade em que vive, após conhecer uma estranha jovem.
Este livro é uma excelente crítica ao mundo em que vivemos. Uma sociedade de prazeres imediatos que acaba por deixar de lado os livros. Estes objectos que nos dão conhecimento e nos fazem questionar a sociedade em que nos inserimos.
Adorei a parte em que o autor torna as personagens em livros. O facto de se ter lido algo significa que essas palavras ficaram guardadas na nossa memória e um dia esses conhecimentos podem ser passados a outro alguém.
Uma leitura maravilhosa que m 1966 teve a sua adaptação para cinema (François Truffaut).

Sinopse: O sistema era simples. Toda a gente compreendia. Os livros deviam ser queimados, juntamente com as casas onde estavam escondidos...
Guy Montag era um bombeiro cuja tarefa consistia em atear fogos, e gostava do seu trabalho. Era bombeiro há dez anos e nunca questionara o prazer das corridas à meia-noite nem a alegria de ver páginas consumidas pelas chamas... Nunca questionara nada até conhecer uma rapariga de dezassete anos que lhe falou de um passado em que as pessoas não tinham medo. E depois conheceu um professor que lhe falou de um futuro em que as pessoas podiam pensar. E Guy Montag apercebeu-se subitamente daquilo que tinha de fazer...
De implicações assustadoras, a forma como reconhecemos o nosso mundo naquele que é retratado em Fahrenheit 451 é impressionante.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.