Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Seg | 09.01.12

Entrevista: Leonel Pinheiro

 Olá, 2012 é um novo ano e tenho para vocês uma entrevista a um novo autor, Leonel Pinheiro e o seu livro de contos.

Olá Leonel, és um nome novo para muitas pessoas, o que nos podes dizer sobre ti?O meu nome é Leonel Pinheiro. Nasci em Lisboa, no ano de 1983 e atualmente vivo no Barreiro. Sou um jovem desconhecido do mundo literário. O meu maior sonho é tornar me um escritor reconhecido do grande público. Porque desde muito novo que nutro um fascínio pelo mundo do Fantástico e do Oculto. Gosto de contar estórias um pouquinho mais negras e um pouco mais complexas do que aquilo que, de maneira geral, se escreve hoje em dia. Adoro viajar, pois as viagens que eu faço são uma fonte de grande inspiração se não, a maior e a mais importante, para passar para o papel e produzir. Gosto de cinema, livros, escrever, música, fotografia e arte antiga.

O teu primeiro trabalho é um livro de contos, o que mais nos podes dizer sobre ele?É o meu primeiro trabalho literário. Todo ele foi um processo de trabalho bastante árduo. O livro é totalmente uma viagem sombria. O leitor irá viajar e explorar novos horizontes obscuros. Quero fazer com que o leitor reflicta sobre os sentimentos, que numa pessoa considerada má pode sempre existir um sentimento puro e belo. Porque todos nós seres humanos por mais bizarros que sejamos, no fundo do nosso interior existem sempre sentimentos positivos. Eles apenas estão escondidos no mais íntimo do nosso ser. Neste livro foco bastante o tema do erotismo e do amor, porque faz parte de todos os seres. Sejam eles de luz ou de escuridão. Agora, prefiro que o leitor, descubra a mensagem que cada conto transmite.

Quais foram os maiores problemas que encontraste durante a sua criação e posterior publicação?Eu sempre tentei saber mais. Estar informado relativamente ao mercado literário português. Saber como era o modo de trabalho das editoras. Fui reunindo ao longo destes anos todos, informação suficiente para mais tarde poder "arriscar" ao editar o meu primeiro livro. Sempre mandei vários emails para as editoras e algumas não deram qualquer resposta. Entretanto um dia cheguei a entrar em contacto com um escritor bastante conheçido do Mundo do Fantástico. Mas tudo se manteve na mesma, ninguém queria apostar num jovem desconhecido. Mas este ano finalmente tomei conhecimento da Euedito. A qual contatei e aceitaram o meu livro. Foi realmente uma escolha acertada visto que são todos eles um grupo bastante competente, sérios e rápidos. O que posso dizer é que estou satisfeito com o trabalho deles e com o apoio.

O que é que te inspira para escrever?Tudo na vida me inspira para escrever, desde a relações familiares até a filmes etc...

Para o futuro o que podemos esperar de ti?Mais livros. Romances e contos.E a seguir ao livro " A Viagem Sombria" lançarei um romance que espero que venha a dar muito que falar.

Sobre o livro: A viagem sombria é um livro que me deu muito prazer ler e me deixou fascinada, porque descreve, o que existe dentro de cada um de nós. Yin e o yang, que é o positivo e o negativo. Eu neste caso prefiro chamar-lhe, a luz e a escuridão. Este pequeno livro de contos de terror vividos no imaginário do autor, e que veste a pele de protagonista em quase todos eles. Não deixando porém de transmitir em todos eles, o sentimento mais puro e belo que todo o ser pode sentir, que é o amor, mas também o pior que é a maldade. E fascinou-me precisamente por ter a coragem de transpor para fora dele essa parte que todos nós sentimos, mas que escondemos no mais íntimo do nosso ser, como se só o bom e o belo existissem.Neste livro o autor foca também muito o erotismo, porque ele faz parte de todos os seres, sejam eles de luz ou da escuridão. Ele tenta nos mostrar que por detrás de cada véu negro existe sempre uma luz brilhante, e onde uma luz brilha, existe sempre o amor, seja ele em que coração for.Poderia alongar-me mais e dizer o quanto me foi transmitido ao lê-los, mas prefiro que seja o leitor a descobrir por si próprio, a mensagem que cada um deles transmite e a interiorizem em si mesmos.

Podem encontrar este autor no facebook ou contactá-lo via e-mail.O livro só estará à venda após o seu lançamento cuja data irei dizer assim que for confirmada.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.