Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 25.08.15

Porque faço cosplay?

Pantapuff
Não é segredo para ninguém que sou grande fã do Carnaval. Pensar nos fatos, criar personagens e planear com meses de antecedência... cresci assim. Em Loures Carnaval é religião e D. Ocarário é rei.Quando começou a aparecer o cosplay em Portugal o problema era local, pessoas, planear, ... ninguém. Chegou o Steampunk e foi aí que a coisa piorou. Eu que já era fã do género, passei a gostar ainda mais porque me permitia criar as minhas personagens. Costura e design de roupas (...)
Sex | 03.07.15

Uma carta aos doutores da verdade

Pantapuff
Caros senhores doutores da verdade, Vivo num país livre, vivo numa democracia. No entanto algumas pessoas acham que são donas da verdade absoluta e que mandam no que os outros devem pensar e dizer. Agradecem sempre as nossas opiniões mas agradecem também que seja pedida permissão antes de as dizer publicamente.   Hoje, após partilhar uma capa de uma editora, no meu perfil pessoal, com um post que dizia que as pessoas deviam enviar candidaturas espontâneas para o lugar de designer (...)
Qui | 12.03.15

De onde nascem as ideias?

Pantapuff
Há alturas em que as ideias são escassas e a parte criativa do cérebroo diz fuck you I'm going on vacation ou então simplesmente hiberna ao fim de três dias de escrita intensiva sobre 10 coisas completamente diferentes.A parte boa do meu dia a dia é que os temas são tão diferentes que não dá para me fartar, por outro lado a constante mudança de registo leva-me a pensar que estou prestes a desenvolver um distúrbio de múltipla personalidade.Mas afinal de onde nascem as ideias? (...)
Dom | 17.08.14

Aparências

Pantapuff
As aparências iludem e nunca devemos julgar um livro pela capa. Cada um tem um pequeno segredo escondido dentro de si. Dependendo de onde estou alguém acha que deve opinar sobre quem sou: responsável, sem sentido de humor, divertida, maluca, adulta, infantil, geek, nerd, weirdo, envergonhada, snob, ... (e nomes menos bonitos)A verdade é que sou um pouco de tudo e são poucos os que me conhecem. Passem uma semana comigo e vejam-me a cair de sono, de mau humor aos berros com quem aparece (...)
Sab | 17.05.14

Uma carta à pequena eu

Pantapuff
Se pudesses voltar atrás no tempo e falar contigo mesma o que dizias a ti mesma?     Sabes aquela pequenina que se enfiava na despensa a brincar às viagens no tempo? Que sonhava em conhecer sítios novos e pessoas? Eras tu antes de chegar aqui. Porque te preocupas com o que dizem da forma como te vestes ou falas? Porque deixas que ditem quem deverias ser em lugar de seguir os teus sonhos? Fala, grita e bate o pé. Olha-te ao espelho e sorri, não tenhas medo que um dia vais conhecer (...)
Qui | 08.05.14

Pequenos prazeres

Pantapuff
Boa comida, uma cama fofa e música são três pequenas coisas que chegam para me deixar feliz... Bom, falta ali um bom livro mas isso é um detalhe que eu resolvo facilmente já que estou sempre rodeada deles.Acho que uma pessoa não precisa de muita coisa para ser feliz. São os pequenos detalhes que nos alegram o dia-a-dia e nos ajudam a continuar a lutar para não distribuir sopapos de forma gratuita aos que nos rodeiam...
Sex | 25.04.14

Coolbooks - uma breve análise

Pantapuff
Não conhecia, fui investigar... Pertence à Porto Editora. Thumbs up, felicidade, novidade editorial, coisas boas! Whoohoo! Comecei a ver bem e aiii senhores e senhoras, meninos e meninas, por onde começar?Ora simples.. vamos começar pelo site!Apresentam um design simples, clean e que liga de alguma forma às cores da Porto Editora. Hora de explorar o menu superior. Ao clicar em Literatura aparecem vários géneros: Ficção, Romance, Erótica, Policial, Contos e Juvenil. Um pouco de (...)
Qua | 02.04.14

STOP and breathe in... and out

Pantapuff
No meio de tanta coisa é fácil uma pessoa sentir-se algo perdida e por vezes é bom parar. Não digo tirar um dia de folga ou fazer férias (se bem que férias era uma coisa gira assim num sítio quentinho e sem chuva... e com acesso à net), só parar. Tirar uns minutos, respirar e beber um café ou um chá.Quando temos de nos dividir entre várias tarefas diárias, principalmente duas que não têm nada a ver uma com a (...)
Qui | 02.01.14

Sorrir e dizer bom dia

Pantapuff
É incrível a quantidade de pessoas que não sorriem. Andam na companhia de outras pessoas e mal trocam uma palavra. É interessante ver como um sorriso e um simples "bom dia" dito por uma pessoa estranha pode levar o sorriso à cara das pessoas...Um senhor estava acompanhado da esposa, os dois com um ar triste caminhavam lado a lado em silêncio. Passaram por mim e disse "bom dia" com um sorriso. Sorriram para mim e assim continuaram.Por vezes as pessoas sentem-se sós, principalmente os (...)