Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Qui | 26.12.13

Doctor Who - The time of the Doctor

[Spoilers sweetie]

 

Uma mensagem leva meio universo a um planeta e o Doctor é o único com vontade de entrar em primeiro lugar para descobrir o que se passa.
O nosso querido Doctor e a Clara acabam por ir então parar a uma cidade chamada Christmas na companhia da cabeça de um Cyberman (Handles). Este novo assistente do Doctor consegue identificar a origem da estranha mensagem como Gallifrey e de seguida é lhe dito o nome do planeta em que se encontra: Trenzalore.
Doctor Who? A pergunta mais velha do universo é a que ecoa por todos os cantos vinda de uma brecha no tempo/ espaço e que nos leva de volta à temporada com os Pond.

Se o Doctor respondesse à pergunta a guerra voltaria e decidido a que aquela fosse a sua sepultura, como ele já sabia que era, ficou para a proteger, durante 300 anos.
Clara que havia sido enganada e devolvida ao seu tempo e planeta volta a ouvir a TARDIS que estava a ser pilotada por outra pessoa que a levou de volta a Trenzalore "no one should die alone".

É quando Clara se ajoelha junto à brecha e diz que "The Doctor" é nome que chegue, que esta desaparece para aparecer no céu sobre o Doctor (que estava já preparado para morrer) concedendo-lhe um novo ciclo de regeneração. Com um futuro diferente à sua frente, Doctor usa o excesso de energia para derrubar as naves que sobrevoavam o planeta e terminar, de uma vez por todas, a ameaça.
De volta à TARDIS, Clara encontra um Doctor mais novo que lhe explica que é o reset antes de mudar. 
Terminamos com momento lindo em que Doctor alucina com a primeira cara que aquela regeneração havia visto: Amy Pond "Goodnight, raggedy man". Como se não bastasse ainda nos mostram o Doctor a tirar o laço e este a cair ao chão como forma de despedida do nosso acessório favorito (bowties are cool).


Rapidamente Matt Smith deixa de dar corpo ao Doctor para aparecer o tão esperado Peter Capaldi que, aparentemente, não gosta da cor dos seus rins e olha Clara de forma preocupada e pergunta-lhe se ela sabe pilotar a TARDIS que se está a despenhar. 

 

Resumindo e concluindo: estou de luto. De luto pelo laço, pelo Smith e por tudo e mais alguma coisa! Quero o Doctor, o raggedy man da Pond...
A prestação da Jenna Coleman deixou muito a desejar quando comparada com companhias anteriores como a Rose, Martha, Donna e Amy... fraca e quase desnecessária...
No entanto foi um final muito regado (sim chorei.. foi tão lindo e triste *-*) quando o laço cai e a Amy se despede...

 

 

Agora é esperar para ver as muitas perugntas respondidas na próxima temporada de Doctor Who...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.