Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 17.11.09

Aventuras no iscas (XI)

E já volto tarde, mas as aventuras têm sido reduzidas. No entanto na semana passada tive uma que durou 3 dias! Whoohoo! Ir à secretaria é super fixe!
Ora bem...na quarta-feira passada lá fui eu num instantinho à secretaria para pedir um papelito com as informações sobre o pagamento das propinas, vi que era logo a seguir ao rapaz que estava a ser atendido. Como sou uma gaja cheia de sorte apanhei o gajo que queria mudar de curso. Triste e a ficar atrasada para um teste que ia ter dali a escassos minutos vim-me embora com a ideia de voltar no dia seguinte. E assim fiz. No dia seguinte voltei e só estava uma pessoa a ser atendida e eu era logo a seguir, toda feliz e contente sentei-me à espera e não e que para meu azar a gaja também estava a tentar mudar de curso ou a fazer reingresso, nem ela sabia bem o que queria... quase uma hora depois lá chegou a minha vez e a senhora que me estava a atender não sabia onde estava o ficheiro (no computador) e teve de pedir a outra colega para o procurar.
Sinceramente 3 pastas a dizer Cristina, umas 10 a dizer formulários não ajuda muito a organização da coisa, mas quem sou eu para resmungar, ter tudo organizado está fora de questão e a culpa é toda da reestruturação que o iscas está a sofrer por se estar a transformar em iul (iúle para os amigos) e não de quem organiza aquela parte da fac... vamos todos culpar a reestruturação vá lá...
Farta de estar à espera do raio do papel, dei o meu nome à senhora e disse que voltava lá no dia seguinte.
No terceiro dia tinha uma pessoa à minha frente e outra a ser atendida. Desta vez não estava ninguém para mudar de curso, mas o rapaz que foi atendido antes de mim não percebia o que a senhora do balcão dizia que era: "pegue neste papelinho, tire uma senha para a tesouraria, entregue este papel lá e pague a conta, depois volte aqui que entrego-lhe o documento". Claramente algo complicado de perceber... mas enfim, à terceira é de vez e lá tinha o meu papelinho dentro de um envelope à minha espera. Eu acho é que em vez do envelope, o papel devia trazer anexado uns trocos para eu ir almoçar algures por aí. Devia ser indemnizada pelos danos morais sofridos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.