Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Sex | 20.07.12

Espelho partido

Abrir a porta e ver um espelho onde tudo era diferente. Passar a mão pela imagem de um casal apaixonado. Uma realidade alternativa, dois seres familiares e ao mesmo tempo estranhos à minha memória.
Levar uma mão ao peito onde uma dor saudosista bate forte ao ver a troca de olhares e fechar a porta com força fazendo-se ouvir o som de vidro a estalar.
Abrir outra porta e assistir a uma outra realidade que obriga a criar dor para não se estar dormente entre vidas vividas e memórias passadas. As marcas acumulam-se onde não podem ser vistas, apenas sentidas. Caminhar em direcção a um último suspiro e dizer adeus...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.