Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 27.02.18

Live action de Sword Art Online a caminho?

sword-art-online.jpg

 

Ultimamente podemos ter elefantes a fazer patinagem artística que não dou por nada mas esta manhã acordei com uma notícia assustadora.

Ora estava eu a fazer browsing pelo Facebook enquanto fazia o almoço para levar para o escritório quando vejo... A Netflix vai fazer um live action de Sword Art online? O QUÊ??
Todos gostamos muito da Netflix e das suas séries mas esta é uma notícia assustadora principalmente depois de ter visto o que fizeram a Death Note.

Apesar de saber que com a tecnologia que temos hoje em dia seria possível fazer um excelente filme disto e eu seria a primeira a ir ao cinema ver, a probabilidade de ser um desastre monumental é muito maior...
Espero que isto seja apenas uma alucinação. Querida  Netflix, deixa o meu querido SAO sossegadinho que os fãs agradecem imenso.

 

Qui | 22.02.18

Cosplay – Um aglomerado de artes para todas as idades

“O Carnaval já passou!" ou "Ainda é cedo para o Halloween" são algumas das frases que os cosplayers mais ouvem seguidas da pergunta "vai haver algum teatro?".

A verdade é que são cosplayers, pessoas que se se vestem e caracterizam como conhecidas personagens de animes, filmes, séries ou jogos.

Cosplay surgiu da junção das palavras Costume e Play e apareceu originalmente nos Estados Unidos nas convenções “geek”. No entanto foi o Japão que popularizou o cosplay e foi a partir daqui que se espalhou pelo resto do mundo.

 

Anastasia Romanoc

Fazer cosplay não é o mesmo que mascarar-se para o carnaval devido a todo o esforço que é feito para que as personagens do imaginário sejam transportadas para o mundo real e tal não é fácil. São muitas as horas de trabalho e dedicação em busca dos tecidos e materiais com as cores e texturas exactas para preparar o fato. São as horas em frente ao espelho a experimentar e praticar técnicas de maquilhagem para modificar o rosto sem cirurgia.

Técnicas de cabeleireiro são aplicadas na estilização de perucas... Tudo isto são apenas as coisas que se podem ver... Sim porque o que se usa por baixo dos fatos também conta afinal de contas uma mulher copa C para parecer um homem não vai usar um soutien almofadado...

 

Capturar2.PNG

Muitos vêm o cosplay como um hobby, um passatempo de miúdos mas é muito mais que isso. É uma constante aprendizagem de artes e técnicas que juntam gerações à mesa, seja para pedir ajuda aos avós que ainda sabem costurar à máquina ou à mão, ou para pedir ao pai ajuda na loja de ferragens. Uma grande parte dos cosplayers constrói os seus fatos e acessórios do início pois esse é também um dos requisitos para se competir a nível nacional e internacional.

Além da costura e maquilhagem são também muitas vezes usadas técnicas de palco para a construção de skits. Nesses casos são também adquiridas bases de representação, edição de vídeo, fotografia e som para a montagem do espectáculo.

Foto de Nuno Carneiro - Iberanime Lisboa 2017 - Pa

Dizer que o cosplay é uma arte não está de todo correcto. É um aglomerado de artes que ajudam ao crescimento saudável de jovens que muitas vezes são tímidos e consegue assim crescer um pouco mais num ambiente onde ser diferente é bem aceite. 

Se não é hobby é uma profissão? Pode ser mas poucos são os que conseguem viver exclusivamente disto. Os cosplayers são pessoas normais com empregos como qualquer outra pessoa. Quando um cosplayer diz que já não vê o cosplay como um hobby é porque o leva demasiado a sério, não é apenas uma ocupação de tempos livres, é mais que isso. Pode ser uma sensação difícil de explicar mas é algo que ocupa tanto tempo que quase parece um segundo trabalho… mas um em que em vez de receber um ordenado é gasto uma boa parte dele.

Não é uma actividade barata principalmente para quem faz grandes fatos ou vários ao longo do ano. Ainda assim é uma forma excelente de se aprender a fazer a gestão de recursos, tempo e orçamento.

 

A comunidade portuguesa está a crescer de forma estável e saudável e é fácil todos se conhecerem uns aos outros graças aos vários eventos que têm lugar ao longo do ano.

Em Portugal a Associação de Cosplay tem vindo a desenvolver um trabalho de promoção junto das escolas e pais de forma a que exista um maior apoio por parte da família. 

Foto de Manuel Brito - Manga and Comics Event 2017(Foto: Manuel Brito - MCE 2017)

 

Uns têm medo, outros vergonha, outros não sabem por onde começar mas não é difícil. Esta é uma comunidade aberta que sabe receber bem quem está a começar e quer aprender e são muitos os que se dispõem a ajudar via Facebook com dicas sendo a Associação de Cosplay um dos mais recentes exemplos nessa área.

Qua | 21.02.18

Comic Con - O festival de regresso às aulas

Apesar de continuar a achar que fixe fixe era a CCPT ir para o Algarve, foi hoje anunciado que o evento vai ter lugar em Setembro no Passeio Marítimo de Algés e a duração de 4 dias (6 a 9 de Setembro).

Depois de muita discussão por sair de Matosinhos o que a malta não esperava era que Oeiras fosse a opção escolhida para acolher um dos maiores eventos de cultura pop do país... até porque infraestruturas que é bom 'tá quieto.

Quando ontem Oeiras veio à conversa vários reclamaram e outros questionaram-se onde raio fica e como lá chegam, já a malta de Lisboa aponta o óbvio, é tudo menos central como era suposto ser. Com tanto sítio para acolher o evento vamos pedir emprestado o espaço ao festival de Verão que todos conhecem. 

Nunca fui contra a CCPT ter lugar em Matosinhos sendo a minha maior queixa a falta de transportes para lá e a falta de condições para cosplayers. Quando anunciaram que ia sair para Lisboa fiquei contente pois seria central, agora... Oeiras? O tempo que uma pessoa demora a lá chegar não é simpático e os transportes se não forem alvo de um reforço grandinho não vão ser alternativas simpáticas para quem não conduz.

Antes de "reclamar" (mais) confesso apenas que não esperava esta opção que até nas bilheteiras marca o evento como um festival e que pondero muito bem se vou ou se pego no dinheiro e vou dar a um evento de menores dimensões.

Para já vamos ver o que a imaginação da organização está a preparar para acolher os milhares de visitantes esperados e acima de tudo os cosplayers.

Sex | 16.02.18

Cosplay Photoshoot 2018

Está oficialmente aberta a época de cosplay whoohoo!

O Cosplay Photoshoot celebrou o seu 15º aniversário no passado dia 10, no Parque das Nações. Uma vez mais dezenas de cosplayers juntaram-se junto à estátua do Homem Sol, para uma mega foto de grupo!

DSC_0079.JPG

Este ano este divertido dia foi novamente organizado pela Associação de Cosplay e contou com a ajuda da Kirane Project que organizou um Peddy Paper e um Bingo.

Tirei algumas fotos à malta que apareceu e já as podem ver no facebook aqui do estaminé :)

Foi um dia super divertido que tive a oportunidade de passar com vários amigos e a minha sobrinha que fez cosplay de Sumomo de Tsubasa Reservoir Chronicles.

E vocês? Marcaram presença no Photoshoot?

Qui | 15.02.18

Carnaval de Loures 2018!

Estou de volta!

DSC_0273.JPG

Acabou o Carnaval, o rei já está enterrado e agora é hora de recuperar as energiase voltar à programação habitual.

Queria falar um bocadito do Cosplay Photoshoot mas vai ter de ficar para amnhã ou para o fim-de-semana que hoje vamos tratar de Carnaval.

Com o tema brincar na folia, milhares rumaram a Loures para ver centenas de figurantes num desfile cheio de cor e alegria.

 

Como não podia deixar de ser foram cinco dias de festa com dois desfiles, dois bailes e claro o enterro do Rei Momo D. Ocarário XLV. Este foi também um ano especial para as Mastronças do Moulin Rouge que celebraram o seu 40º aniversário.

A RTP1 finalmente descobriu o caminho para Loures e a cmtv apareceu para cobrir algo que não um julgamento no tribunal.

Este carnaval é para mim muito especial e querido e não é só por estar à porta de casa. No domingo lá fui assistir com amigos e os meus pais e na terça para surpresa de algumas pessoas juntei-me ao grupo dos saloios no desfile (descobri que ia ter folga e lá fui eu feliz e contente).

Como sabem a leitura do testamento é longa e por isso lá fui dividindo aos bocados para não se aborrecerem muito :)

E no final claro... o fogo de artifício :)

Querem fotos? É só clicar aqui.

Em 2019 teremos mais, por agora é recuperar das pernas e voltar à programação habitual :)

 

Ter | 06.02.18

Noragami aragoto

image.png 

E afinal a Netflix até tinha mais Noragami, mas em vez de inserir como uma segunda temporada, separou da outra.

Tirando esse acesso de parvoíce de quem gere estas coisas adorei esta temporada e mal posso esperar para que chegue a próxima. Foi bom descobrir um pouco mais sobre este Deus pobre que poucos conhecem e cujo sonho é ter o seu próprio templo.

Apesar dos muitos momentos de humor, esta temporada é marcada pelos muitos momentos em que os ninjas se metem a cortar cebolas mesmo à nossa beira.

O crescimento das personagens foi também maior do que esperava mas não foi demasiado.

Vemos também uma maior dualidade em Yato é algo me diz que não ficou por aqui...

 

Dom | 04.02.18

Harry Potter em concerto: voltei a ter 12 anos

DSC_0911.JPG

Esta noite a Altice Arena encheu com pessoas de todas as idades para assistir ao espectáculo Harry Potter e a Câmara dos Segredos em concerto. A banda sonora foi interpretada ao vivo pela Orquestra Filarmonia das Beiras enquanto o filme era transmitidido.

Este espectáculo é mais do que voltar a ver um filme da saga Harry Potter num grande ecrã, é toda a experiência de ter uma banda sonora de grande qualidade a ser interpretada por excelentes músicos ao vivo. 

No ano passado assisti ao primeiro filme, adorei voltar para este e espero que os próximos filmes também sejam adaptados a este formato pois tentarei estar presente feliz e contente vestida com uma das minhas camisolas ou quem sabe um uniforme.

 

Sex | 02.02.18

Metallica na Altice Arena - Uma betinha no meio dos metaleiros

Tenho muito muito orgulho em dizer que fui educada para ter um gosto muito variado… Entre Xutos e Sitiados, passando pelos GNR e tantos outros, sempre ouvi de tudo um pouco, mas essa educação terminou aos seis anos e hoje é bem público que apesar de ouvir de tudo um pouco a playlist do costume é constituída por K-Pop e Country (não vale a pena tentar perceber que eu já desisti).

Não sou moça de sair à noite e o meu programa favorito, em dias de semana, costuma ser um pijama fofinho e a Netflix mas por vezes os astros alinham-se e coisas muito pouco prováveis acontecem. Ir ao concerto dos Metallica é uma dessas coisas.

O Altice Arena encheu para aquele que prometia ser um concerto memorável. Já vi muitos palcos naquela sala e mais eventos e concertos do que tenho dedos nas mãos (e nos pés) e nunca vi algo assim.

Este foi o meu primeiro concerto 360 e fiquei absolutamente maravilhada com o espectáculo a que assisti.

Muito provavelmente a criança de 10 anos que estava junto ao palco ou os dois miúdos que estavam à minha frente (que não deviam ter mais de 12 anos) sabiam mais de Metallica do que eu, o que não é difícil já que só conheço duas ou três músicas.

Senti-me como uma verdadeira betinha no meio de tantos fãs que vibravam com a banda mas não deixei de sentir que a música era boa e a pessoa responsável por coordenar todos os aspectos visuais do concerto merece cada cêntimo do ordenado.

Foi um espectáculo muito visual que apesar de distrair o olhar para os ecrãs que ora subiam ora desciam, não tiravam o impacto da música nem faziam o público alhear-se da mesma. Foi o complemento perfeito. Também os drones utilizados pareciam fadinhas a voar numa coreografia cuidada e fluída apesar de a música ser tudo menos o lago dos cisnes.

DSC_0845.JPG

 

Foi uma excelente apresentação do novo trabalho e é bom ver que a energia de outros tempos ainda se mantém.

Como boa fã dos Xutos, o ponto alto da noite foi ter membros dos Metallica a cantar uma música dos Xutos e como bons portugueses que somos, o Altice arena levantou-se (os que estavam sentados) e cantou a uma só voz.

Se perderam o concerto partilhei alguns pedacinhos no meu instagram stories por isso é só lá ir cuscar.

 

E qual é o veredicto da crominha do K-Pop? - Perguntam vocês.

Era capaz de voltar a ir, mas se me prometessem o sossego do camarote que isto de ir lá para baixo é coisa para os corajosos (e para a menina de 10anos).

 

Qui | 01.02.18

A Dança Fantasma

dança.PNG

Título: A Dança Fantasma
Título original: Ghost Dancer
Autor: John Case
Editora: Dom Quixote
Goodreads

 

Já li um livro este ano!

Ok na verdade este vinha já de 2017 e foi a minha companhia no autocarro durante algumas manhãs.

A Dança Fantasma leva-nos a um misto de fantasia e ciência numa corrida contra o tempo, contra tudo e contra todos. Confesso que li o livro por pura teimosia. O autor pode ser excelente mas a história era aborrecida e só quase no final é que consegui ficar interessada porque... estava a torcer pelo "vilão".

Seguimos ao mesmo tempo o mau, o gajo que investiga o caso e o tipo que é apanhado no meio daquilo tudo e é na verdade o único ser vivo útil ali.

Comprei este livro na Feira do Livro depois de ficar convencida com o que estava na contra capa mas infelizmente ficou muito além do prometido.

A parte boa é que já peguei noutro e agora estou cheia de vontade de o ler para ver se me livro do tédio causado por este autor.

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: