Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Folha em Branco

Folha em Branco

Ter | 14.12.10

O regresso de D. Sebastião

D Sebastião desapareceu durante a batalha de Alcácer-Quibir, nunca mais foi visto e diz-se que há de voltar numa manhã de nevoeiro para salvar a nação.

Em primeiro lugar pergunto-me se não será já a hora indicada para o senhor aparecer. Não é que eu ache que a crise me vai obrigar a morrer à fome (mas já estou a ficar sem açúcar) e também não estou a dizer mal da República (que se atrasa em tudo, até no dinheiro), mas acho que o Zé povinho ia ficar contente por ter um brinquedo novo. Primeiro ia dar vivas e depois ia começar a fazer o que faz sempre, que é basicamente resmungar e criticar tudo o que se faz (tendo plena noção que não ia conseguir fazer melhor).

Em segundo lugar questiono-me sobre a origem deste rei. Porquê regressar numa manhã de nevoeiro? Será albino? Será um vampiro? Ou será simplesmente alérgico ao sol?

A verdade é que já é a segunda, seguida, manhã de nevoeiro em Lisboa e nada de D. Sebastião a vir salvar o seu precioso império.

O puto deve é de ter descoberto as maravilhas de ser criança, deu corda ao pónei e bazou dos confins da Europa para um país que tivesse Legos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.