Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bem, estava difícil de conseguir voltar ao meu maravilhoso hábito de parar e ler. A pipoca já estava a começar a fritar quando decidi começar a levar o meu livrinho para o café para ler uns minutos enquanto bebia o café depois de almoço. Tendo em conta que me tenho levantado cedo esta semana e com as minhas tentativas para não deixar trabalho para trás e terminar a dissertação... bom digamos que aqueles 15 / 20 minutos me sabem a paraíso.

Título: A Noite de Todas as Almas
Título original: A Discovery of Witches
Série: All Souls Trilogy

Autora: Deborah Harkness

Editora: Casa das Letras

Goodreads

 

A Noite de Todas as Almas é da autoria de Deborah Harkness e comprei-o porque a capa é bonita. Not joking. Basicamente quando vi a capa apaixonei-me logo por ela e depois foi o título. Cada vez que pegava no livro lia a sinopse e passado um bocado esquecia-me dela. Andei nisto até que finalmente o comprei em Outubro passado com uns cheques-prenda que me tinham oferecido nos anos.

E na prateleira ficou devido ao seu reduzido tamanho (700 páginas) que me impedia de o ter na mala quando saía de casa.

 

Este livro tem tudo aquilo de que gosto: um livro misterioso, uma historiadora que é bruxa e não usa os poderes a não ser para arranjar a máquina de lavar roupa e um vampiro que adora bons vinhos.

Diana é uma das descendentes das bruxas de Salem e tem em si um grande poder que se recusa a usar mas tudo muda quando conhece Matthew e encontra um livro extremamente antigo.

O livro pode ser grande mas eu não dei por isso. A escrita envolveu-me de tal forma que mal o conseguia pousar. Infelizmente notei várias gralhas e algumas frases que foram claramente mal traduzidas. Ainda assim é um livro muito bom e arrependo-me de o ter deixado na pilha tanto tempo.

Esta parte da história termina num ponto que me deixou a roer as unhas de curiosidade (não literalmente) mas não posso ler já. Vou continuar a minha missão de ler o que tenho cá em casa primeiro.

O próximo volume é o Shadow of Night (não me apetece ir à procura do título em português) e um dia vai estar nas minhas mãos ^_^

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Cinema: Vamps

por Pantapuff, em 15.04.14

[Spoilers sweetie]

 

Uma das comédias mais idiotas que já vi na minha vida. Esta é a prova de que não devemos confiar em capas cor de rosa com indicações de vampirada. Ora bem temos então duas vampiras a viver em NY e que se recusam a beber o sangue de pessoas. Por isso arranjaram emprego como "exterminadoras" e secam pobres ratinhos que tentam invadir a casa de pessoas. 

A vida corre bem a ambas até que uma se apaixona perdidamente e acaba por ficar grávida. Não consigo deixar de ver aqui estranhas semelhanças com uma certa vampirada que brilha ao sol. 

Quem estiver em modo brain dead pode dedicar uma horita da sua vida a ver isto, caso contrário é melhor não xD

 

imdb

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

Revealed [House of Night #11]

por Pantapuff, em 06.02.14

Revealed
House of Night #11

P.C. and Kristin Cast
Goodreads

 

Por breves momentos quase que voltámos a ter uma ménage a trois mas mas mas.... there is hope.

A história está a aproximar-se do fim (aaaaaaaaleluia!!) e a Zoey parece estar a ganhar juízo. Continuo a dizer que a personagem principal da história devia ser a Aphrodite. Essa sim pensa e faz coisas, se não fosse ela acho que aquela malta já tinha morrido toda (não que se perdesse grande coisa né?).

Pronto, é uma coisa esquisita e acho que já só falta um livro que ainda não saiu... há malta a ser perdoada, outros perdem a cabeça (literalmente) e outros viram churrasco...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:15

Last Sacrifice (Vampire Academy #6)

por Pantapuff, em 14.11.13
Last Sacrifice
Vampire Academy #6
Richelle Mead
 
 

"Ah, my daugther" he said. "Eighteen and already you've been accused of murder, aided felons, and acquired a death count higher than most guardians will ever see." He paused. "I couldn't be prouder."

 

E eis que chegou o último volume da série Vampire Academy.
Em Last Sacrifice Rose é obrigada a fugir da corte para dar tempo aos seus amigos para que estes descubram quem é que matou a rainha e deixou as provas que incriminavam Rose.
Juntamente com Dimitri, a alquimista e mais um par de irmãos de lealdade duvidosa esconde-se num local seguro. Mas Rose quieta num lugar é coisa que não dura muito, principalment quando sabe que há uma forma de ajudar a sua melhor amiga, Lissa.
Neste último volume temos uma mudança quase radical em Lissa e na sua forma de se comportar. Aliás, todas as personagens crescem (à excepção de Rose e das suas ocasionais birras).
É um excelente final, ainda que algo previsível, para uma boa série juvenil. 

 

De uma forma geral é uma série interessante e, por incrível que pareça, muito pouco dela se passa na academia propriamente dita. Temos várias personagens com características próprias e muito vincadas não sendo possível confundir uma com a outra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:30

Spirit Bound (Vampire Academy #5)

por Pantapuff, em 11.11.13

Spirit Bound
Vampire Academy #5
Richelle Mead

 

Goodreads

 

Dimitri deu duas opções a Rose e ela escolheu a opção que, aos olhos do agora Strigoi, não devia.
O seu antigo instrutor agora anda à sua espera e a saída da jovem, da academia, está mais perto que nunca. Rose vive assim mais uma situação atribulada com base num mito que poderá ser verdade. Assim ela e Lissa, com a ajuda de mais uns quantos vão cometer um crime impensável e libertar o que haviam ajudado a prender para sempre numa cadeia de segurança máxima.
É agradável ver que Lissa finalmente faz qualquer coisa de útil sozinha e surpreende até Rose. 

Spirit Bound é, tal como os livros anteriores, uma leitura fácil, rápida, cheia de surpresas e extremamente agradável de se fazer. 

 

Estou quase a terminar a série. Falta-me apenas mais um livro: Last Sacrifice que já está pronto para ser lido porque a curiosidade é demasiada para se parar agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:35



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.