Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Workshop com as Geek Girls

por Pantapuff, em 09.04.16

No próximo dia 26 estarei no encontro mensal Girl Geek Dinner para um workshop sobre social media.

O tema será Como pensar online? E irei apresentar desde alguns conceitos básicos a como pensar numa estratégia para comunicar online utilizando várias plataformas.

social-network-links.jpg

Deixo-vos com uma pequena apresentação do Girl Geek Dinner.

 

Os Girl Geek Dinners nasceram em Londres há 10 anos e em Portugal há 6 anos. Este conceito reside em organizar eventos temáticos para mulheres apaixonadas por tecnologia, sejam elas, programadoras, investigadoras, empreendedoras, designers ou simplesmente interessadas por tópicos relacionados com tecnologia.
A ideia por detrás destes encontros é simples: num ambiente relaxado e informal proporcionar um ambiente para networking e ao mesmo tempo ouvir uma ou duas apresentações dedicadas a um tema tecnológico ou de negócio. Mais do que isso é também o espaço ideal para dar a conhecer o que se anda a fazer no mundo da tecnologia e new media em Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

Há novidades do facebook... outra vez

por Pantapuff, em 18.02.16

news.PNG

Apresento-vos as novidades do facebook. Depois das reactions e dos seus emoctions para mostrar melhor como cada utilizador reage a um determinado post, temos uma "intro" e fotografias de destaque.

A Intro tem espaço para apenas 101 caracteres (incluindo espaços). Não sabem o que escrever lá? Então cliquem na janelinha que o facebook dá algumas ideias.

Se por acaso tiverem alguma foto que queiram destacar podem aproveitar a nova secção e escolher até um máximo de 5 fotos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

social-media1.jpg

Social media ou mídias sociais (como é conhecido em português) é um conjunto de ferramentas utilizadas para potenciar a interacção social através da criação de conteúdos para a web.

Associa-se muito a social media a plataformas de redes sociais como o Facebook e o Twitter. Este tipo de plataformas surgiram com os avanços feitos na web 2.0 e que levou a que as pessoas levassem e criassem as suas próprias redes no plano online

Com estes avanços e com a baixa de preços da tecnologia (computadores, acesso à internet, etc), os utilizadores perceberam que também eles podiam começar a produzir conteúdos para a Web, em lugar de ser meroa receptores. 

Enquanto há uns anos, a forma preferível de divulgar a informação eram os blogs, hoje vemos que plataformas como o Facebook são também muito utilizadas. Alguns falam da morte dos blogs que estava a ser causada pelas redes sociais. Em 2012 escrevi um post precisamente a falar sobre isso. As redes sociais são um excelente complemento (quando se sabe usar as ferramentas da melhor forma) para os blogs, sites, ... é possível através destas plataformas dar destaque ao que, de outra forma, ficaria perdido entre milhares de outros sites. Já para não falar da quantidade de posts que só ocupavam espaço e podemos fazer nas nossas páginas em lugar de fazer um post.

Minions_3.png

 

Vamos ver o caso aqui do estaminé. Se tudo correr bem (e eu tiver um pouco de tempo) publico uma média de dois a três posts por dia. Já no facebook são pelo menos uns 6 ao dia, desde músicas a imagens, ou só "teasers" de posts que estou a escrever. É o tipo de coisas que, há uns anos, víamos frequentemente nos blogs e agora isso foi reduzido drásticamente. Claro que blogs que partilham apenas material desse acabam por morrer, outros onde se produz o próprio conteúdo já têm uma forma de partilhar esses mesmos materiais sem ter de sobrecarregar o espaço principal.

O que perguntei há dois anos mantém-se: se eu sobrevivo como é que outros morrem? Simples: manter um blog dá trabalho, é necessário que seja actualizado, há que ter um mínimo de qualidade e acima de tudo muito amor à camisola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

O que são trolls?

por Pantapuff, em 30.09.14

Já todos tropeçaram em trolls em blogs, fóruns, facebook... eles andam por aí. É comum encontrar imagens a dizer "don't feed the trolls", mas afinal quem são os trolls? São seres humanos escondidos em caves sem janelas, de tal forma pálidos que, se sentirem a luz solar directamente na pele, entram em combustão?

Um troll é alguém que ao pegar num tema insere um tom de ironia no mesmo levando assim a uma possível discussão entre vários utilizadores. É aquele alguém que consegue facilmente irritar quem o rodeia e quanto mais respostas lhe são mais ele usa isso contra os que lhe respondem. 
Nem sempre é por maldade que existe o trolling. Esta forma de abordagem pode levar pessoas a pensar em determinados assuntos. 

Para que consigam identificar melhor os trolls deste mundo online deixo-vos uma fotografia e uma definição presente em The Social Media Reader (editado por: Michael Mandiberg).

«A troll is more than the embodiment of the internet hate machine, trolls are the ultimate anti-hero, trolls fuck shit up. Trolls exist to fuck with people, they fuck with people on every level, from their deepest held beliefs, to the trivial. They do this for many reasons, from boredom, to making people think, but most do it for the lulz.»

 

 

imagem

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:40

Self like

por Pantapuff, em 20.09.14

As pessoas fazem um bicho de sete cabeças das coisas mais simples à face da terra. Há pequenas coisas simples que qualquer pessoa consegue fazer e compreender. E assim começa um simples separador aqui no estaminé que vai aparecer com este bonequinho giro e fofo. Basicamente a ideia é abordar de forma simples vários aspectos das plataformas de redes sociais e assim dar uma mãozinha e corrigir pequenos erros ou falhas.

Vão poder encontrar os textos referentes a esta temática no separador Em Rede.

 

Algo que vejo frequentemente é pessoas a fazer like nos seus próprios posts no facebook... como se isso não bastasse há quem faça isso nas suas próprias páginas. Sei que ter likes nos posts é positivo mas pelo menos podiam ser mais discretos. Porque não fazer like com o vosso perfil pessoal? Existe essa opção e agora é ainda mais prático!

 
Para os mais distraídos, aqui fica a nova opção para gestores de páginas. Agora em vez de alterar o utilizador no topo da página podem fazê-lo através do icon que aparece no canto inferior direito de cada post. Aí podem seleccionar ou o vosso perfil pessoal ou outra página.
Agora minha gente... parem de fazer likes em nome da vossa página.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.