Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Beautiful Mind

por Pantapuff, em 06.03.17

Beautiful_Mind_(Korean_Drama)-p1.jpg

Este drama coreano leva-nos a conhecer a vida de Gye Jin-Sung uma polícia de trânsito que deseja passar para a secção de crimes violentos e de Lee Young-O um neurocirurgião brilhante mas com uma pequena deficiência: é incapaz de sentir empatia ou qualquer outro sentimento em relação a outras pessoas limitanto-se a ler as expressões corporais de quem o rodeia para compreender como se deve comportar e agir em conformidade.

A vida une estas duas personagens através de um conjunto de mortes que ocorrem no hospital da zona.

É uma bela e estranha viagem ao longo de 14 episódios em que os plot-twists são mais que muitos.

A razão pela qual comecei a ver esta série foi pela actriz Park So-Dam já que adorei o seu desempenho em Cinderella and the Four Knights e fiquei curiosa para conhecer outros trabalhos seus.

Foi agradável ver a mudança de uma série para outra o que mostra que é uma actriz capaz de fazer mais que comédia.

Jang Hyuk é também uma agradável surpresa. Interpretou na perfeição o seu papel como médico conseguindo levar-me a sentir de tudo desde a irritação à vontade de rir.

Esta é uma série que entra no meu top de favoritos e bolas o final é simplesmente awwwe *-*

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Emergency couple

por Pantapuff, em 01.03.17

Emergency_Man_and_Woman-p1.jpg

Vamos imaginar isto: conhecemos o grande amor da nossa vida, casamos, começamos a odiar-nos, assinamos o divórcio e anos depois acabamos ambos a trabalhar no mesmo hospital, na mesma equipa e com os mesmos horários... e sim ainda nos odiamos de morte...

Esta é a base para a comédia romântica Emergency Couple.

Jin-Hee (Song Ji-Hyo) e Chang-Min (Choi Jin-Hyuk) são as personagens centrais desta história que nos levam a alguns problemas que são bem reais na vida de um casal.

Não é a série mais inteligente à face da terra mas uma coisa é certa a vontade de rir é sempre grande e não vai deixar os fãs de comédias a sentir-se defraudados ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:03

Cinderella and the Four Knights

por Pantapuff, em 28.02.17

Cinderella_and_Four_Knights-p2.jpg

Esta comédia coreana é de ir às lágrimas e não é apenas de rir muito.

Eun Ha-Won (Park So-Dam) é uma aluna de liceu que deseja ser professora de forma a cumprir o desejo da sua falecida mãe. Vive com a sua madrasta e meia-irmã e o seu pai passava muito tempo fora em trabalho. Para juntar dinheiro para a universidade Eun Ha-Won tinha vários trabalhos em part-time.

A sua forma de ver a vida cativou um empresário multimilionário que acabou por a contratar para que "educasse" os três jovens de quem cuidava. É assim que conhece os três primos mimados Ji-Woon (Jung Il-Woo), Hyun-Min (Ahn Jae-Hyeon) and Seo-Woo (Lee Jung-Shin) e se muda para a Sky-house.

É engraçado ver como uma pessoa pode mudar a vida de tantas pessoas apenas por não quebrar os seus princípios morais...

O elenco não podia ser melhor e Park So-Dam tornou-se rapidamente numa actriz que quero seguir (aliás já fui ver outra série em que entra ehehe).

Park Hye-Ji irritou-me um bocado. Ok percebo que esta esteja apaixonada mas não há necessidade de agir como se nada mais na vida existisse. 

Esta série tem apenas 16 episódios e apesar de querer ver mais aventuras familiares fiquei bastante contente por não terem esticado mais.

É hilariante e triste... tem de tudo um pouco mas é de facto uma série a ter na lista de TO SEE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

The Princess Weiyoung

por Pantapuff, em 03.02.17

4975_ThePrincessWeiyoung_Nowplay_Small.jpg 

Finalmente rendi-me à vontade de ver algo que não tenha "bonecos" e deixei-me levar por um dos trailers perdidos na web... A série que me piscou o olho foi The Princess Weiyoung, uma série histórica chinesa com Tiffany Tang, Luo Jin, Vanness Wu, Mao Xiaotong e Li Xinai nos papéis principais.

Somos levados a conhecer a trágica história de vida da princesa do Norte de Liang, Feng Xin'er, que vê toda a sua família a ser morta. A filha do Primeiro Ministro do Norte de Wei, salva-a e quando morre tragicamente Xin'er ocupa o seu lugar sem que a família da falecida soubesse pois não a viam desde muito pequena.

252.jpg

Agora conhecida como Weiyoung, luta para sobreviver num mundo onde o poder é tudo e todos desejam vê-la sem ele.

Temos aqui uma bela e atribulada história de amor pois um dos favoritos para ocupar o trono (Tuoba Jun) apaixona-se perdidamente pela jovem que julgava ser uma filha ilegítima do Primeiro Ministro.

Princess Weiyoung 75.jpg

Não conhecia nenhum dos actores por isso vícios não tinha, mas adorei cada um deles. Todos desempenharam na perfeição as suas personagens.

A história era quase viciante, só chateava um bocadinho a desgraçada estar sempre a sofrer e o final é de chorar baba e ranho porque PORRA PÁ!

Se gostam de séries históricas e umas lutas assim com uns efeitos voadores meio estranhos já sabem. É pequenina e passa depressa ;)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

The walking dead (Season 6)

por Pantapuff, em 28.08.16

Father-Gabriel-Looks-Worried-in-The-Walking-Dead-S

Se há série que vejo para encher chouriços é The Walking Dead a série que está mais morta que os zombies que aparecem como figurantes... Já parei de ler os comics porque achava a coisa aborrecida, agora a série consegue estar ainda pior.

Pus esta série para ter "barulho" enquanto bordava e sinceramente foi a melhor ideia de sempre porque caso contrário não iria conseguir suportar os episódios e só me faltava ver metade da temporada.

Finalmente aconteceram algumas coisas que queria ver mas ainda assim acho tudo demasiado soft e fofinho... oh well... não sei se vamos ter mais uma mas provavelmente só a vou ver quando não tiver mais nada :p

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30



subscrever feeds


Alexandra Rolo | Pantapuff

Untitled-3.png


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.



Links

Outras Folhas


Alexandra's bookshelf: read

Edge of SweetnessLynda's LaceA Change of SeasonsA wet & wild nightReligions of the WorldLégendes : Créatures fantastiques

More of Alexandra's books »
Book recommendations, book reviews, quotes, book clubs, book trivia, book lists

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.