Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Cristal das Sete Virtudes

por Pantapuff, em 07.02.14
 
O Cristal das Sete Virtudes
Vânia Fontinha
 

Uma pessoa que sabe que adoro ler ofereceu-me este livrinho "é de uma amiga", tremi imediatamente e ele viu isso perfeitamente. No fim do nosso café pediu-me, caso não apreciasse o livro, para não lhe bater. Não moço não te vou bater... mas deves-me um café xD

 

Vânia Fontinha é uma moça com uma ideia muito gira, escrever um livro infantil (ou infanto-juvenil, não percebi bem) em "poesia" e a rimar. É público que gosto de poesia, apesar de não ser o género que mais leio (até é raro ler) mas quando é bom sou a primeira a bater palminhas e a fazer uma festa.

Ora bem, para começar alguém tem de explicar que os versos não têm todos de começar por maiúscula e que esta coisa de rimar constantemente torna a leitura mais irritante que agradável.

Capítulo também leva sempre acento no i, não é só quando a malta se lembra (bolas que estou a ter um déjà vu). A numeração também deveria estar por extenso caso não seja uma data. Estar a ler e subitamente espetarem-me com um 2 ali perdido quando até se deveria ler "duas" é, no mínimo, chatinho.

Long story short, temos aqui a história de uma menina mimada que faz asneira e que depois embarca numa estranha aventura. É capaz de ser um livro giro para putos mas eu não iria ler isto aos meus até porque alguns dos versos têm quebras e não ajudam a uma leitura simples e fluída.

Parece-me que a história não acaba aqui e resta rezar para que o próximo (se existir) não seja assim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:27

Idades

por Pantapuff, em 27.08.12

Título: Idades
Autora: Ana Wiesenberger

Goodreads, Esfera do Caos

Eu não gosto de analisar poesia. Tenho uma visão quase romântica desta forma de escrita, acho que deve ser sentida e não "cortada em bifes". O autor escreve o que lhe vai na alma sem pensar no que podem pensar ou ali ver. A poesia nao algo que qualquer pessoa consegue escrever. É necessária uma sensibilidade que a muitos falta.
Por não gostar de a analisar não vou comentar muito este livro, vou apenas dizer que talvez esta não seja a melhor forma de contar a história de vida que a autora tentou mostrar neste quase diário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

Dance

por Pantapuff, em 14.07.12

Dance with me this night
Feel with me this music
that brings us together.
Two bodies with the beat,
two hearts with blood,
two souls wanting it all.
Dance me this night
'cause all I want to do
is dance you...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44

Professor

por Pantapuff, em 10.07.12

Que pensas tu que me ensinas?
As ideias do prazer?
Meu querido então vens tarde
não sou o doce que julgas
que vais encontrar.
Senhor professor das artes
nada na noite é segredo
para esta aluna.
As rendas e o cetim
que se moldam ao corpo
e nada escondem
também nada mostram completamente
o mistério que criam
são como canções de sereias
cantadas para iludir os homens.
Os homens que tão simples mentes têm
Se deixam levar pela ilusão e mistério
do corpo de uma mulher
que tão cegamente desejam.
Ainda pensas que me ensinas?
Então vem e aprende comigo
Os segredos guardados
no corpo de uma mulher
que tanto desejas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41

Música

por Pantapuff, em 09.07.12

Ajuda a tirar
a sensação interminável
que a música trouxe
aos nossos
que quentes
e movendo-se incessantemente
perdem-se vibrando
com o som do movimento.

Ajuda a temperatura a subir
e as peças que se perdem
ao subir as escadas
as paredes apoiam
para ninguém cair
nas fantasias reais
que prendem
para não fugir
ao som da música
a que dançamos
esta noite

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.