Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Morreram todos?

por Pantapuff, em 06.01.16

Estes títulos dão cabo de mim...

troll.PNG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13

Screenshot_9.png

 

Esta semana o Sol publicou um artigo intitulado 8 razões para ler (livros a sério). De acordo com o texto, esta lista tem como base um outro artigo:

A Time decidiu fazer uma lista de oito razões para deixar os e-books, as sms, os chats e os comentários nas redes sociais e optar por livros a sério. Pode ser que lhe dê alguma motivação…

Vamos começar pelo início.

 

"livros a sério"
Estamos em pleno século XXI, não considerar um e-book como sendo um livro "a sério" é o mesmo que dizer que um website não é uma forma séria para distribuir notícias.

 

Os mais novos só querem saber das novas tecnologias e os adultos dizem que não têm tempo para ler (mas a verdade é que muitos vão no comboio ou no metro agarrados ao tablet ou ao smartphone e não a uma obra literária).

 

É verdade, hoje em dia é frequente ver nos transportes públicos pessoas agarradas ao tablet a jogar, mas também temos cada vez mais pessoas a utilizar e-readers (aqueles aparelhitos que só servem para ler livros) ou aplicações grátis para ler nos seus tablets.

 

Passamos então à lista das razões para deixar, e passo a citar: "os e-books, as sms, os chats e os comentários nas redes sociais e optar por livros a sério."

Então mas a ideia não é pôr a malta a ler? Porque é que estamos a retirar da equação os e-books?

"As pessoas que lêem são mais inteligentes"

Verdade... well mais ou menos. O facto de uma pessoa ler significa que adquire mais vocabulário e aprende a escrever e comunicar melhor. Os e-books também são escritos. Ler e-books faz as pessoas menos inteligentes?

 

"Ler faz bem ao cérebro"

De acordo com o artigo ler ajuda a estimular a memória. Decido acreditar nos senhores cientistas ainda que a minha memória não tenha melhorado nos últimos anos (em que aumentei o número de leituras). Acho que estou a ser repetitiva, mas aqui vai: porque é que ler e-books não conta? Faz mal ao cérebro?

 

"Tornamo-nos mais empáticos"

Nada contra o que está escrito MAS O QUE É QUE ISTO TEM A VER COM LER E-BOOKS!?

*inspira, expira* pronto estou mais calma.

 

"Folhear ajuda a concentrar"

Acredito que sim. Ter a televisão desligada, o telemóvel sem som, um local sossegado e o pc offline também ajuda sabiam?

 

"Pode ajuda a prevenir a Doença de Alzheimer"

Vou então supor que ler e-books não previne isto... ok.

 

"Ajuda a relaxar"

Aqui vou citar: “Não importa que livro lê. Ao ‘perder-se’ num bom enredo, consegue esquecer as preocupações do dia-a-dia e passa algum tempo a explorar o imaginário do autor da obra” 

O que aprendemos aqui? Não importa se o livro é um nóbel ou se um monte de lixo, o que não se faz é ler e-books, isso é stressante.

 

"Ajuda a adormecer"

Verdade, adormeço mais depressa quando começo a ler um livro... principalmente se for chato. E vou citar novamente o artigo: "Ler um livro faz mais pelo seu sono do que um computador ou um tablet – a luz emitida pelos ecrãs faz com que esteja acordado durante mais tempo."

Ora aqui está o aparente problema. A luz emitida pelos ecrãs! Ó meu monte de seres vivos que não sabe do que fala, sabiam que há e-readers sem luz? Nem uma pontinha? Que não é possível ler se não existir uma luz acesa? Não! Claro que não porque ler e-books faz mal à saúde.

 

Ler é ‘contagiante’

Claro que é! Ler este artigo escrito por alguém que não percebe ponta de corno daquilo que está a escrever contagiou-me de tal maneira que decidi escrever este post.

Moral da história: proponho ao Sol que aprenda um pouquinho sobre e-books (e e-readers), ou que leiam mais já que (de acordo com o artigo) torna as pessoas mais inteligentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

Adoro as imagens das notícias...

por Pantapuff, em 20.05.14

Tudo a ver hein?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

APEL a enterrar-se parte 2

por Pantapuff, em 25.02.14

 

Ora pois saiu aí uma notícia que este ano a Feira do Livro iria voltar à cidade do Porto. A malta fez toda uma grande festa... cedo demais já que as negociações entre a Câmara Municipal e a APEL foram suspensas.
Primeiro foi porque o Rui Rio era mau, agora o senhor é outro e aparentemente continua a ser mau (no ponto de vista da APEL).
Acusem-me de ser ingénua ou inocente mas os custos não são, em grande parte, suportados pelas editoras que pagam pelas misérias de barracas onde fazem as vendas nestas feiras? Então onde anda o dinheiro?

 

As datas para a Feira de Lisbos já foram anunciadas, as do Porto... silêncio... e algo me diz que a troca de bitaites entre os dois lados não fica por aqui, sim porque a malta lá de cima já está pior que danada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16

Nada melhor depois de um dia daqueles fazer o resumo dos destaques das notícias:


- Poliamor como alternativa à monogamia (porque não existe celibato, poligamia, ...)
- Prostituição: noções básicas para a profissionalização (será que já existe um Prostituição para totós?)
- Mais um chumbo do TC (you evil little people)
- O PM não tem dinheiro para comer bacalhau (pobre do moço)

 

Quem precisa de ver stand-up quando tem os nossos jornais?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:11



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.