Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Esta tem de ser a exposição mais estranha / assustadora / alérgica a que já fui...
Para começar não conseguia perceber se a estavam a montar/ desmontar ou se era mesmo assim. Ainda perguntei ao segurança e ele respondeu-me que no mês passado, quando lá tinha estado, já estava tudo assim.
Ao percorrer o espaço percebe-se que afinal é mesmo suposto que o visitante entre num local meio inacabado (ou seja, partido, porque andaram a partir o chão e as paredes) que faz com que quem sofra de alergias comece imediatamente a coçar o nariz, espirrar, tossir e a esfregar os olhos que começaram a ficar húmidos. Sim... é a festa do pó (oh joy). 
Achei a ideia de "desconstruir" o espaço para nos mostrar as peças e os "interiores" bastante interessante. Pessoalmente não achei piada nenhuma nem às peças nem à quantidade absurda de pó que está no chão e paredes. Mas pronto, cada um com os seus gostos. Eu cá não me interessa ver camas.
Gostei sim dos vários esboços que se podiam ver em algumas paredes (imagem à esquerda).
Deixo-vos com uma foto que ilustra o espaço expositivo que podem visitar até 28 de Abril deste ano.
Site: MUDE
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48

MUDE - Exposição: Com esta voz me visto

por Pantapuff, em 27.02.13

Fui no sábado passado ao MUDE - Museu do Design e da Moda em Lisboa para visitar as novas exposições temporárias. Uma delas era a Com esta voz me visto. Podemos ver vários vestidos de fadistas portuguesas como Amália (imagem de cima), Mariza e Carminho (imagem à esquerda).
É um espaço amplo e de design simples que tem como objectivo destacar os vestidos, sendo uns mais bonitos que outros (d'oh). Nota-se uma predominância do típico preto a que nos habituámos e depois podemos ver modelos mais modernos e coloridos.
Para quem gosta de moda e de fado é uma exposição a ver e que estará no museu até dia 31 de Março.

Site: MUDE 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:32

Educar - Centenário da República

por Pantapuff, em 16.02.11

 

A exposição Educar. Educação para todos. Ensino na I República foi inaugurada hoje no Palácio Valadares (Largo do Carmo, Lisboa) pelas 17horas.

Uma linda cerimónia que envolveu um pianista e dois cantores.

A exposição em si é constituída por um total de 11 salas todas elas diferentes e muito ricas tanto em peças como em tecnologia. Aconselho a visita. De todas as que estiveram em Lisboa (Viva a República, Corpo e Viajar) esta é sem dúvida a de que mais gosto.

Tal como as outras, funciona toda a semana (incluindo feriados) das 10h às 18h e a entrada é gratuíta.

Para mais informações podem consultar o site da CNCCR.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46

Vida de Pantapuff

por Pantapuff, em 23.08.10

Aqui a je esteve em Vilar de Andorinho este fim-de-semana. Viva ao Porto e às suas francesinhas das quais já tinha saudades.

Esta era a da minha mãe. Quando me lembrei de tirar foto à minha já ia a meio e não tinha piada :p

Voltei de lá com uma puta de uma renite alérgica e por isso hoje o dia foi de pouco trabalho, só da parte da tarde é que estive melhorzinha e já fiz uma visita guiada super curta e a beber litros e litros de água.

O meu mini puff foi para a Worten pois já que estava na garantia não pagava o arranjo. Pensava eu, ligaram-me hoje a dizer que encontraram líquido no interior do portátil e por isso a garantia não cobria. A senhora ainda me perguntou se eu aceitava o orçamento de 550€ ao que respondi que só se fosse doida é que ia pagar isso pelo arranjo quando o portátil nem 400€ me custou. Agora estou à espera que ele volte à worten do Loureshopping e lá vai ter de funcionar mal por mais uns tempos. Quando puder compro outro e entretanto vou raptando o portátil do meu sobrinho à noite. Ao fim-de-semana terei de arranjar outra estratégia para ver os mails e afins. E assim foram por água abaixo os planos de comprar um telemóvel novo pelo Natal. Ainda estou é para saber como é que entrou liquido lá para dentro.

 

Agora na exposição acabou-se a publicidade enganosa, por assim dizer, agora uso uma identificação a dizer Alexandra Rolo em vez do meu primeiro e último nome. Um dos coordenadores achou piada à coisa já que no facebook uso Alexandra Rolo e na verdade prefiro o segundo nome ao primeiro. Por isso agora sou ainda mais fácil de encontrar do que era na semana passada para o João Carrilho que chegou à minha beira a dizer "desculpe, mas conheço-a de algum lado".

Enfim, a vidinha anda assim nesta grande agitação cheia de novidades e agora lá vou eu navegar pelos sítios do costume ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46

Centenário da República - CORPO

por Pantapuff, em 21.07.10

 

 

Hoje venho aqui falar-vos um pouco da exposição CORPO - Estado, Medicina e Sociedade no tempo da I República.

Esta exposição vai abrir no próximo dia 23 às 17h30m e está no Torreão Poente do Terreiro do Paço (Lisboa).  A partir do dia 24 está aberta das 10h às 18h. Esta é uma das várias exposições que estão (e vão) abrir em Lisboa para comemorar o Centenário da República (como já mencionei à uns dias) sendo por isso da responsabilidade da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República. Conta com a parceria Oficial do Turismo de Portugal e a comissária responsável é Rita Garnel.

CORPO - Estado, Medicina e Sociedade no tempo da I República foi o título escolhido para esta exposição cujo objectivo é mostrar a história da medicina em Portugal nas décadas da consolidação do poder e do prestígio dos médicos.

Vamos poder ver vários tipos de documentos como imagens e objectos utilizados na época, entre outros que não irei revelar pois quero que seja surpresa (sim sei o que faz parte da exposição).

Estarei presente na inauguração (dia 23) da exposição para satisfazer a curiosidade e ver em tamanho real as coisas que já sei que lá estão.

Se quiserem marcar uma visita guiada basta enviar um e-mail para marcarvisitas@centenariorepublica.pt com o nome da exposição, dia e hora a que pretendem visitar e já agora o número de pessoas que está previsto ir.

A entrada é gratuita, pelo que é ainda mais uma razão para visitarem este espaço que estará aberto ao público até Outubro. E já não conto mais nada, saiam de casa com a famelga e visitem a exposição.

Já agora uma coisinha: adivinhem quem vão encontrar lá?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.