Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portes grátis para poesia na EuEdito

por Pantapuff, em 21.03.13

Toca a aproveitar para adquirir os meus meninos Diário de uma PagãPassagens aqui. ^_^

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:19

Nanozine Steampunk: aceitam-se encomendas

por Pantapuff, em 30.08.12

Meninos e meninas de Lisboa e arredores que queiram adquirir uma Nanozine Steampunk, seja ela a cores ou a preto e branco, é favor informar via mail (nanozine.web@gmail.com) ou mensagem no facebook para se fazer a encomenda.
A próxima remessa vai ser pedida no final do mês e durante Setembro será feita a distribuição por mim (pessoalmente) e restantes escravos do vapor.
Quem preferir pode também receber no correio, bastando para isso encomendar através da EuEdito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:06

Entrevista: Leonel Pinheiro

por Pantapuff, em 09.01.12

 Olá, 2012 é um novo ano e tenho para vocês uma entrevista a um novo autor, Leonel Pinheiro e o seu livro de contos.

Olá Leonel, és um nome novo para muitas pessoas, o que nos podes dizer sobre ti?O meu nome é Leonel Pinheiro. Nasci em Lisboa, no ano de 1983 e atualmente vivo no Barreiro. Sou um jovem desconhecido do mundo literário. O meu maior sonho é tornar me um escritor reconhecido do grande público. Porque desde muito novo que nutro um fascínio pelo mundo do Fantástico e do Oculto. Gosto de contar estórias um pouquinho mais negras e um pouco mais complexas do que aquilo que, de maneira geral, se escreve hoje em dia. Adoro viajar, pois as viagens que eu faço são uma fonte de grande inspiração se não, a maior e a mais importante, para passar para o papel e produzir. Gosto de cinema, livros, escrever, música, fotografia e arte antiga.

O teu primeiro trabalho é um livro de contos, o que mais nos podes dizer sobre ele?É o meu primeiro trabalho literário. Todo ele foi um processo de trabalho bastante árduo. O livro é totalmente uma viagem sombria. O leitor irá viajar e explorar novos horizontes obscuros. Quero fazer com que o leitor reflicta sobre os sentimentos, que numa pessoa considerada má pode sempre existir um sentimento puro e belo. Porque todos nós seres humanos por mais bizarros que sejamos, no fundo do nosso interior existem sempre sentimentos positivos. Eles apenas estão escondidos no mais íntimo do nosso ser. Neste livro foco bastante o tema do erotismo e do amor, porque faz parte de todos os seres. Sejam eles de luz ou de escuridão. Agora, prefiro que o leitor, descubra a mensagem que cada conto transmite.

Quais foram os maiores problemas que encontraste durante a sua criação e posterior publicação?Eu sempre tentei saber mais. Estar informado relativamente ao mercado literário português. Saber como era o modo de trabalho das editoras. Fui reunindo ao longo destes anos todos, informação suficiente para mais tarde poder "arriscar" ao editar o meu primeiro livro. Sempre mandei vários emails para as editoras e algumas não deram qualquer resposta. Entretanto um dia cheguei a entrar em contacto com um escritor bastante conheçido do Mundo do Fantástico. Mas tudo se manteve na mesma, ninguém queria apostar num jovem desconhecido. Mas este ano finalmente tomei conhecimento da Euedito. A qual contatei e aceitaram o meu livro. Foi realmente uma escolha acertada visto que são todos eles um grupo bastante competente, sérios e rápidos. O que posso dizer é que estou satisfeito com o trabalho deles e com o apoio.

O que é que te inspira para escrever?Tudo na vida me inspira para escrever, desde a relações familiares até a filmes etc...

Para o futuro o que podemos esperar de ti?Mais livros. Romances e contos.E a seguir ao livro " A Viagem Sombria" lançarei um romance que espero que venha a dar muito que falar.

Sobre o livro: A viagem sombria é um livro que me deu muito prazer ler e me deixou fascinada, porque descreve, o que existe dentro de cada um de nós. Yin e o yang, que é o positivo e o negativo. Eu neste caso prefiro chamar-lhe, a luz e a escuridão. Este pequeno livro de contos de terror vividos no imaginário do autor, e que veste a pele de protagonista em quase todos eles. Não deixando porém de transmitir em todos eles, o sentimento mais puro e belo que todo o ser pode sentir, que é o amor, mas também o pior que é a maldade. E fascinou-me precisamente por ter a coragem de transpor para fora dele essa parte que todos nós sentimos, mas que escondemos no mais íntimo do nosso ser, como se só o bom e o belo existissem.Neste livro o autor foca também muito o erotismo, porque ele faz parte de todos os seres, sejam eles de luz ou da escuridão. Ele tenta nos mostrar que por detrás de cada véu negro existe sempre uma luz brilhante, e onde uma luz brilha, existe sempre o amor, seja ele em que coração for.Poderia alongar-me mais e dizer o quanto me foi transmitido ao lê-los, mas prefiro que seja o leitor a descobrir por si próprio, a mensagem que cada um deles transmite e a interiorizem em si mesmos.

Podem encontrar este autor no facebook ou contactá-lo via e-mail.O livro só estará à venda após o seu lançamento cuja data irei dizer assim que for confirmada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:01

EuEdito Mag

por Pantapuff, em 06.07.11

A EuEdito lançou uma Magazine para publicitar os autores com quem trabalha. Esta publicação foi lançada em Junho e vai ser trimestral.

Na minha opinião é uma óptima ideia pois assim futuros clientes podem conhecer um pouco melhor esta empresa e outros autores como os títulos publicados por esta POD portuguesa.

No entanto nem tudo é bom e este número peca pela falta de conhecimento das obras que estão a publicitar acabando por nos mostrar “um novo talento” que é um dos vários que acaba dar mau nome a todos os outros que optam por este sistema de publicação.

Compreendo perfeitamente que queiram publicitar todos os vossos autores e eu gosto muito dos vossos serviços, tanto que os aconselho a muita gente, mas fica aqui um pedido, leiam os livros de que querem falar em números futuros pois um dos apresentados tem uma muito fraca qualidade e graves falhas a nível de português.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

Donzela Sagrada - O Segredo de Thunderland

por Pantapuff, em 28.04.11

Sou uma leitora compulsiva de livros, principalmente do género fantástico mas infelizmente são muitos os enganos que por aí andam, mas este é de facto aquilo a que podemos chamar um desperdício ao abate de árvores.Diana Tavares dá-nos a conhecer no seu primeiro livro, um novo mundo em muito baseado na mitologia grega das horae.Uma miúda de 14 anos chamada Hana, filha de uma senhora que se chama Dana, torna-se amiga de Prudence (Prue) que se apaixona por outro rapaz e fica corada cada vez que o vê. Tem monstros maus e feios que metem medo. Muita acção, mistério, aventura, amor, sensualidade. Ou pelo menos é isto que as páginas aparentam ter.O facto de numa página A5, Hana estar escrito 15 vezes (um total de 248 em 36 páginas) pode ser um bocado atrofiante. Isto juntamente com repetições exageradas, diálogos mal escritos, frases muito compridas ou muito curtas, uma má construção de frases e um português pior do que useria de esperar de uma aluna universitária, conseguem complicar a leitura de qualquer pessoa habituada a ler coisas bem construídas.Como já disse em várias ocasiões, a ideia está lá e até é boa, o problema é de facto a execução da coisa, juntamente com uma péssima edição, que pelos vistos não foi mais do que umas palminhas porque “ai que fofo escreveu um livro”.Além de tudo isto noto uma recusa em aceitar críticas e uma felicidade em ver apenas o trabalho mencionado em vários blogs que nada comentam ou criticam. Estas referências têm apenas informações genéricas que facilmente retiram do site da EuEdito sem ter de tocar ou ler o dito.Digo isto porque duas pessoas que lhe fizeram críticas foram, por pura coincidência, retiradas da lista de contactos do facebook e tive conhecimento de uma terceira que não viu o seu comentário publicado pela autora que continua a encher um blog de posts com links de blogs que falam do seu pequeno molho de papel.Uma pergunta que não me sai da cabeça é o “como?”. Como é que é possível que tal coisa esteja à venda numa fnac? Não existe ninguém que lê este tipo de textos antes de aceitar colocá-los à venda? Pensava que existia um controlo de qualidade, ou será um controlo especial? Talvez não vá saber a resposta a esta questão mas enfim…Concluindo… a leitura daquilo que poderia ser um bom livro, se estivesse bem escrito, é penosa e dolorosa porque não consigo abstrair-me dos constantes erros.Em relação à autora, Diana Tavares, devo dizer que é uma rapariga muito simpática e nas suas “intrevistas” promete trazer-nos mais trabalhos e um segundo volume da Donzela Sagrada este Inverno. Este é a continuação do primeiro e já está a ser revisto.Além da Donzela, Diana tem também um livro infantil à venda na EuEdito, intitulado "A Herdeira de Fat-Shan".Escusado será dizer que não aconselho a compra deste livro, o vosso dinheiro é muito melhor empregue em autores portugueses de qualidade muito superior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:40



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.