Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Noragami

por Pantapuff, em 15.12.17

noragami.jpg

 

Os astros alinharam-se, o inferno congelou, um milagre aconteceu e depois de ver demasiados Yatos no Iberanime decidi tentar perceber qual o fascínio pelo Deus desgraçado que anda de fato de treino e faz limpezas...

Sim, vi Noragami. Lá encontrei por puro acaso o anime na Netflix e pensei "why not?" e depois de adormecer umas quantas vezes durante o primeiro episódio comecei a entrar na coisa e acabei por ver tudo de enfiada e sim gostei bastante.

Temos então o Yato que anda a fazer limpezas para juntar moedinhas, uma gaja que perde o corpo pelo caminho e continua a andar, um puto que se transforma em espada para matar fantasmas maus e uma deusa muito fofinha que na verdade desgraça todos os homens que se apaixonam por ela (um dia ainda faço cosplay da gaja)... É uma história bem divertida perfeita para acompanhar um fim-de-semana em que não apeteça fazer nada.

Acho que na Netflix não está completo mas os entendidos que me avisem para eu começar a planear mais um fim-de-semana no sofá :p

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Card Captor Sakura está de volta!

por Pantapuff, em 14.09.17

ccs.PNG

 

Ao fim de tantos anos voltamos a ter a nossa querida Sakura e o fofinho do Syaoran!

Há muito que se esperava por esta OVA e finalmente temos Sakura e os dois ursinhos... um final alternativo àquele que conhecíamos do anime.

Fiquei super derretida e mal posso esperar por ver mais... preciso de mais! 

E vocês? O que acham deste regresso de uma das pequenas heroínas da nossa infância?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

The Seven Deadly Sins

por Pantapuff, em 03.09.17

9886f448f8284fc39eb57dff2e99c4ac7bcad7f8.jpg

 

Finalmente cedi e comecei a ver Seven Deadly sins... em parte porque um belo dia estava a boiar na Netflix e não me apetecia ver mais nada, mas pronto isso não interessa :p

Num mundo semelhante à Idade Média existe um grupo de cavaleiros sagrados que usam os seus poderes para defender Britannia e os seus reinos. Tendo sido derrotados pelos Cavaleiros Sagrados estes quase que se tornaram num mito, mas os Seven Deadly Sins estavam vivos... e bem vivos...

Cada uma destas personagens representa um dos sete pecados mortais e tem uma marca no seu corpo que o simboliza.

Ainda não conheço os pecados todos (oh a ironia da frase xD) mas é muito engraçado ver como estes se ajustam a cada uma das personagens.

Apesar de não se ter tornado numa das minhas séries que "omg omg omg tenho de ver!" é bastante divertida e boa para um fim-de-semana em que nos apetece ser verdadeiros vegetais no sofá :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52

Blame!

por Pantapuff, em 19.08.17

laxmcjyq4j1t8l1yagxt.jpg

 

Num futuro distante a tecnologia atingiu o seu máximo mas um vírus levou a que a tecnologia levasse os sistemas a tornar-se mais autónomos e destrutivos levando a uma replicação da cidade em todas as direcções e a que os humanos perdessem o acesso à mesma. Começam também a ser eprseguidos e mortos pelo sistema de segurança.

Uma pequena resistência tem a sobrevivência ameaçada pela escassez de recursos. É com a "rebeldia" de um pequeno e jovem grupo que se decide aventurar que a história começa... 

Apesar de a história parecer interessante e ter os seus momentos é um pouco aborrecida e leva mesmo a adormecer (tive de ver isto em duas partes). A sinopse prometia mais mas ficou muito longe do esperado...

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Psycho-Pass

por Pantapuff, em 17.07.17

MV5BOThkNTgyMmMtMzNmMy00ZWJjLWIyYzMtMWEzYWExNTY5OW

 

Tropecei neste anime numa das minhas aventuras com a Netflix e não resisti a ver.

Produzido pela Production I.G. estreou em 2012 e tem uma premissa que nos deixa a pensar. Nesta realidade com uma tecnologia muito avançada todos são inocentes até prova em contrário, todos os cidadãos são monitorizados e medidos consoante uma escala que poderá indicar se são ou não criminosos, sair dos padrões pode significar uma visita à clínica de reabilitação ou, em casos extremos, a morte.

Fiquei rapidamente viciada neste anime e vi a temporada como se o mundo fosse acabar amanhã. Gostei de ver os dilemas das personagens que vivem neste a realidade por um único sistema bem como a evolução das personagens principais.

A segunda temporada ainda não está disponível na Netflix mas espero ver em breve pois ainda são muitas as perguntas sem resposta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.