Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Porque escolhi viver - Yeonmi Park

por Pantapuff, em 23.11.17

27320109.jpg

Título: Porque escolhi viver
Título original: In order to Live

Autora: Yeonmi Park

Editora: Objectiva

Goodreads

Quem me conhece sabe que, por norma, corro na direcção oposta àquela onde estão as biografias. No entanto depois de ver uma Ted Talk de Yeonmi Park não resisti a comprar o livro.

Depois de estar na prateleira por umas semanas lá lhe peguei e tornou-se na minha companhia do autocarro no caminho entre casa e o trabalho.

Foi doloroso de ler. A certas alturas tive mesmo de parar de ler, fechar o livro e olhar pela janela a ver se não começava a chorar como se estivesse a cortar cebola.

Não me emociono facilmente, aliás a última vez que chorei com um livro foi com a morte do Dumbledore e do Snape. 

A escrita está on point, é fácil ver à minha frente as cenas que Yeonmi descreve. Desde a dua infâcia à sua entrada forçada no mundo dos adultos. A fome, a miséria, doenças, a violência e violações... custa ler as palavras de uma mulher que deixou de ser criança muito antes do suposto.

Custa ainda mais saber que esta realidade não tem assim tantos anos e ainda acontece no mundo em que vivemos.

Este livro é uma lição de vida que mais ninguém nos poderia ensinar porque poucos são capazes de falar.

Porque escolhi viver é a história de Yeonmi Park que nos conta a sua vida desde a sua infância na Coreia do Norte, a queda da sua família e a sua decisão de fugir da Coreia do Norte com a mãe. Era um ambiente de medo e fome que se vivia, onde não podia ir à escola e os filmes da Disney eram ilegais. Um país onde a Primavera significava morte e o contrabando a única forma de sobreviver... onde o divertimento das crianças era apanhar insectos no campo para comer para não morrerem de fome e os mais pequenos crimes podiam significar a morte... um país onde fugir era a única forma de sobreviver.

De forma nua Yeonmi conta ao mundo a sua travessia até à China e como foi vendida, comprada, violada e viu tantas outras mulheres a sofrer o mesmo... onde também se tornou uma vendedora de seres humanos para poder ter comida na mesa, comprar a sua mãe e trazer o seu pai para a China... Era ainda uma menina quando teve de tomar uma decisão que a marcou para o resto da sua vida... deixar que a violassem em troca de voltar a ter a sua família consigo... em troca de sobreviver...

Toda a sua travessia até à Coreia do Sul e todo o processo para voltar a tentar ter uma vida que fosse semelhante a algo "normal".

É uma leitura dolorosa mas que ajuda a abrir um pouco os olhos porque o mundo pode ser muito mais assustador do que pensamos e são estes relatos que ajudam a mudar um pouco...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56




Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.