Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




MV5BMTUwOTgzMTEyOF5BMl5BanBnXkFtZTgwNTk3MTM5MjI@._Mal saiu a notícia vieram os arrepios... depois veio o trailer e a reacção foi "this is gonna suck" e depois veio o filme e a reacção foi "isto ainda foi pior do que se esperava".

Death Note foi um dos primeiros animes que vi (sendo já capaz de distinguir o que é anime) e a Misa Amane até foi uma das primeiras personagens que escolhi para fazer cosplay! 

Temos sempre aqueles filmes que achamos que são como um acidente de comboio... são maus mas continuamos a ver... e depois temos este Death Note que é doloroso e vai ficar na memória por muitos anos como uma das piores adaptações dos últimos tempos.

Vamos começar pela localização... Estados Unidos... óbvio! Mas isto não é mau, é uma adaptação e pronto mudaram o local ok consigo sobreviver com isso ainda que fique um pouco triste por perder um bocadito da piada.

Light ou Kira como quiserem chamar ao moço...screams like a little girl seriously! Dá vontade de fazer memes para gozar. Uma personagem que é originalmente altamente inteligente, carismática, manipuladora... um autêntico filho da mãe excelente para jogar poker... aqui é um puto inteligente com a mania que é esperto e por acaso vê um caderno a cair do ar e oh que giro vou matar malta porque sou bué fã da justiça que não faz ponta de corno para prender o gajo que matou da minha mãe.

Sim a família do moço também leva grandes voltas mas com isso também sobrevivo (o pai continua a parecer tótó mas pronto).

Misa Amane... oh wait Mia porque why the fuck not change her name? Uma personagem interessante e movida pelo amor que sentia por Kira e depois Light (eu sei que são o mesmo gajo ok?) aqui é uma pita aborrecida que se acha inteligente e manipuladora que só quer brincar com um bloco que mata pessoas...

 

dn-04298-1490203403412_1280w.jpg

 

L... provavelmente a minha personagem favorita e a que mais estragaram. Sim deixaram o gajo ficar com a forma esquisita de se sentar mas depois é um panhonha choramingas que depende de todos os que o rodeiam para lhe dar rebuçados.

Toda a interacção entre Light e L ficou afectada pelo péssimo guião e representações medíocres dos actores envolvidos neste filme.

Ryuk é provavelmente o que menos sofreu nesta adaptação ainda que tenha ficado desapontada com o facto de pouco aparecer, bem como o outro (sim porque a Mia não tem um caderninho só seu).

O facto de alterarem algumas das regras do caderno também não me agradou lá muito pois afectaram imenso toda a história e a forma como as mortes aconteciam.

Por falar em mortes... quem tem saudades do Final Destination tem aqui uma boa oportunidade de ver cabeças mal cortadas por escadotes ou pessoas mortas por garfos em restaurantes...

 

No imdb o filme tem um 4.7... não sei a malta que avaliou mas devem estar super bem dispostos... já eu quero ir ver o anime novamente para me esquecer que este filme foi feito!

E vocês? O que acharam desta nova adaptação de Death Note?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18



2 comentários

Imagem de perfil

De shiro ayato a 01.09.2017 às 09:41

Quando vi o trailer, fiquei naquela.. talvez até possa ser um filme mais ou menos. Death note também foi uma das minhas primeiras animes e adorei quando vi, daí que tenha entrado no mundo das animes. Adoro ver!
Ainda não vi o filme, mas já li tantas críticas, e vi alguns clips, do quão ruim está, que já nem quero perder tempo a ver. Se vai ser tempo desperdiçado, nem vale começar. Prefiro ficar com a história original.
Imagem de perfil

De Pantapuff a 01.09.2017 às 10:07

Mesmo colocando de parte o original é um mau filme. Aliás, é mau mesmo dentro do estilo de filmes para adolescentes.

Comentar post



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.