Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Darker than Black

por Pantapuff, em 30.07.15

Dblackch.jpg

Darker than Black é um anime criado por Tensai Okamura e que nos chega através do estúdio Bones. Estreou em 2007 no Japão e chegou a Portugal em 2010.

Este anime conta-nos o estranho aparecimento do Hell's Gate em Tóquio e que alterou o céu. Ao mesmo tempo apareceram pessoas com habilidades diferentes, desde o controlo sobre a electricidade até à utilização de ondas sonoras para destruir edifícios (e não só).

Temos várias personagens no centro da história e todas elas com histórias marcantes e atitudes que nos deixam a questionar. Hin, um contractor de elite pertence ao sindicato. O seu trabalho consiste em receber ordens e executá-las sem falhas. É um dos mais mortíferos no mundo e é ajudado por Yin, uma doll cega e cujo poder apenas funciona se estiver em contacto com a água. A coordenar esta dupla temos Huang. Por fim Mao é um outro contractor que vive num gato por ter perdido o seu corpo original.

O anime é todo ele muito misterioso mas viciante... venha o próximo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:43



1 comentário

Sem imagem de perfil

De Vitor Frazão a 03.08.2015 às 09:11

Há episódios que o Mao rouba completamente o show.

Comentar post



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.