Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sim andei desaparecida esta semana mas tenho uma boa desculpa: cerveja e donuts... ok estou a brincar que não foi fun and games.

DSC_0636.JPG

Passei a última semana em Dublin, na Irlanda, em trabalho com uma equipa composta por pessoas de várias nacionalidades. Apesar de ter umas quantas horas em que geria o trabalho do costume e os workshops e reuniões numa escola de línguas, ainda deu para dar umas voltinhas pelas redondezas.

A primeira impressão que tive da Irlanda foi logo durante a aproximação à pista... verde, verde por todo o lado. Depois disso só vi tijolo mas já lá chego. 

Depois do choque inicial de ver a malta a conduzir do "lado errado" veio a organização para que os nabos não sejam atropelados... basta olhar para a estrada para saber qual o lado para onde temos de olhar. Obviamente quando não tinha isto ficava confusa "então e agora!?"

DSC_0603.JPG

Ficámos num hotel muito simpático e confortável apenas a 3 minutos da escola Conradh na Gaeilge. Além de não ser necessário usar transportes o tempo passado ao frio era reduzido. Parte menos simpática... a discoteca que tinha no piso de baixo tinha 2 pisos e o barulho fazia-se ouvir no terceiro andar (onde eu estava) até às 4 da manhã... como eu adormecia antes das 23h só ouvia qualquer coisita quando acordava a meio da noite por isso não me chateava muito.

O pequeno-almoço era pobrezinho e pouco amigo da minha pessoa e a falta de pão e queijo / fiambre foi dolorosa... acabava sempre a comer torradas com manteiga, chá e uma peça de fruta. Sim é saudável mas eu gosto de comer pá.

Não consegui provar o "famoso" irish breakfast pois sou incapaz de ingerir tamanha quantidade de comida ao acordar e os trabalhos começavam às 9h30m.

DSC_0640.JPG

DSC_0612.JPG

DSC_0613.JPG

DSC_0641.JPG

 Domingo foi dia de explorar. Como chegámos em cheio na hora de almoço aproveitámos a tarde livre para andar perdidos pela cidade e comprar os ímans de recordação para as nossas mães (queríamos voltar a entrar em casa xD).

Quando digo andar perdidos é porque foi isso mesmo que aconteceu... não me perguntem onde andei que não faço ideia. O dia estava bonito e apesar do frio soube bem passear a pé pelas ruas, actividade que repetimos várias vezes ao longo de toda a semana.

DSC_0605.JPG

DSC_0607.JPG

DSC_0618.JPG

DSC_0624.JPG

DSC_0631.JPG

 

Adorei o fenómeno McDonalds / Burguer King. Onde estava um o outro ou estava na porta ao lado ou do outro lado da estrada.

DONUTS! OMFG Donuts e gelatarias por todo o lado (e sim pubs também mas já á chego...)

Grandes e bons com recheios de tudo e mais alguma coisa, estes donuts são sem qualquer dúvida aquilo de que vou ter saudades... Se não fosse pelo facto de serem a 3€ cada um e de serem verdadeiras bombas calóricas ia um donuts por dia... ou mais :p 

DSC_0622.JPG

 Lembrei-me agora de que nunca tirei fotos às cervejas... ainda visitei 3 pubs e lá experimentei as cervejas e aviso já que não me apanham a beber pints antes de jantar outra vez que aquilo é cerveja que nunca mais acaba...

Não achei tão forte como dizem e até se bebe bem mas para mim é meio pint please.

 

Agora vamos lá ver da comida... Comida irlandesa onde!? Foi só a meio da semana que consegui provar comida irlandesa porque só encontrava restaurantes tipo dinner, asiáticos, italianos,... tão depressa não quero ver noodles, carne crocante, molho de soja, hamburguers, wraps,... give me a break... (claro que cheguei a casa e almocei uma bela de uma costeleta gigante com batatas fritas e hoje o almoço foi peixe grelhado). Não comi mal nem passei fome. Também não achei os preços estupidamente caros (quando comparados com Lisboa) mas também não são muito amigos da carteira (dá para sobreviver).

Do que vimos todos têm o hábito de perguntar se é para comer lá ou levar para fora. Além de jantarem cedo (quando comparado com os nossos hábitos) parecem preferir levar para casa já que ao jantar estavam vazios.

Do que provei da comida irlandesa adorei. É muito parecida com a nossa, confortável que nos deixa felizes, quentinhos e satisfeitos. Quando voltar à Irlanda vou para bem longe de Dublin para comer melhor (isto de acordo com quem esteve a trabalhar connosco esta semana).

DSC_0627.JPG

DSC_0628.JPG

DSC_0629.JPG

Dublin é uma cidade de tijolo por todo lado com alguns jardins mas muito pouco para ver se andarmos assim sozinhos e abandonados. É bonito mas não tenho vontade de lá voltar. Da próxima quero ir à procura das ovelhas que aparecem em todo o material para turistas e da comida boa e do pão... já vos disse das saudades que tinha de comer pão? Mal cheguei a casa ataquei o frigorífico e fiz uma mega sandes de pão saloio.

Aconteceu também um fenómeno estranho... adormeci cedo todos os dias. Mal caía à cama morria. O sol fugia muito cedo e o facto de passar o dia a falar uma língua que não é a minha deixava-me completamente frita dos miolos.

Ainda assim o balanço desta semana foi muito positivo. É sempre interessante trabalhar com pessoas de outras nacionalidades (Irlanda, República Checa e Dinamarca) que têm outros hábitos e culturas... passei a semana a aprender coisas novas todos os dias. Claro que equilibrar isto com o trabalho do costume foi obra...

O frio era tanto que acabei por não filmar nada mas podem cuscar mais algumas fotos nos meus destaques do instagram ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

Vlog: Porto Santo

por Pantapuff, em 05.01.18

0-BASE-captions.png

E pronto, como é hábito aqui vem finalmente o vídeo da semana, desta vez ainda de 2017.

Quem conhece Porto Santo vai reconhecer estas paisagens.. gravei um pouco de tudo e só ficou a faltar a noite de réveillon onde o jantar e a festa tomaram conta da noite e o telemóvel acabou abandonado junto das coisas dos animadores. 

 

Foram dias animados e cheios de boa disposição, perfeitos para descansar e preparar-me para o 2018 que vai ser longo e cheio de aventuras.

Esta foi a minha terceira visita a Porto Santo, só me falta ir no Verão xD

Se perderam os posts anteriores é só clicar aquiaqui e aqui.

E agora deixo-vos com algumas das fotos:

DSC_0620.JPG

DSC_0624.JPG

DSC_0653.JPG

DSC_0677.JPG

DSC_0828.JPG

 

DSC_0854.JPG

DSC_0861.JPG

Pensam que isto é tudo?

Um dia destes trago-vos um pequeno vídeo do museu do senhor Cardina ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:41

Entrar em 2018 no Vila Baleira

por Pantapuff, em 02.01.18

IMG_20180101_114737_947.jpg

Apesar de estar de férias e sem computador tenho estado a contar como foi a estadia no Vila Baleira Resort durante este réveillon. Três dias, três festas... Falta a grande noite. A manhã foi passada a passear e a visitar os locais mais naturais da ilha... Desde o Pico Ana Ferreira à Fonte da Areia, passando pelas Salemas e mais uns quantos locais... Depois de almoço foi hora de visitar um dos meus sítios favoritos: o SPA. Fiquei de molho a relaxar naquelas piscinas e depois da sauna embrulhei-me no roupão e fiquei a vegetar com o som da água. Dali peguei na toalha e fiz uma coisa que ainda não tinha feito... Ir à praia!! Estava calor e a água não estava fria. Deitei-me a apanhar aquele sol bom e a usufruir da paz e sossego. Banho, meter- me pipoca e hora de descer para o cocktail antes do Réveillon. Numa mesa cheia de estranhos acabei por fazer amigos novos.  Dois casais que também não se conheciam e algumas garrafas de vinho depois... O jantar correu tão bem que tivemos de ser avisados que éramos os únicos ainda no restaurante e que faltavam 15 minutos para a meia noite. Chegámos ao Dunas mesmo a tempo da contagem decrescente e de ver o fogo de artifício da Vila.  Claro que como a minha mesa era a mais fixe foi também a que ficou a fechar a festa quase as 4 da manhã. A Arroja e o Gil voltaram para animar a última noite do ano e a equipa de animação foi, uma vez mais, incansável. Escusado será dizer que ontem as ressacas eram fortes e muitos usavam óculos de sol dentro do hotel xD

Foi uma excelente entrada em 2018 e com muito boa companhia :D

O regresso ao aeroporto foi ontem pelas 16h e com um adeus muito especial da equipa de animação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.