Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Blame!

por Pantapuff, em 19.08.17

laxmcjyq4j1t8l1yagxt.jpg

 

Num futuro distante a tecnologia atingiu o seu máximo mas um vírus levou a que a tecnologia levasse os sistemas a tornar-se mais autónomos e destrutivos levando a uma replicação da cidade em todas as direcções e a que os humanos perdessem o acesso à mesma. Começam também a ser eprseguidos e mortos pelo sistema de segurança.

Uma pequena resistência tem a sobrevivência ameaçada pela escassez de recursos. É com a "rebeldia" de um pequeno e jovem grupo que se decide aventurar que a história começa... 

Apesar de a história parecer interessante e ter os seus momentos é um pouco aborrecida e leva mesmo a adormecer (tive de ver isto em duas partes). A sinopse prometia mais mas ficou muito longe do esperado...

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Broadchurch

por Pantapuff, em 18.08.17

broadchurch.jpg

 

Depois do anúncio da actriz que vai ser a nova Doctor em Doctor Who tive de ver Broadchurch (apesar de ter Doctor Who mais atrasado que os autocarros da Rodoviária).

Em Broadchurch seguimos a investigação da morte de um miúdo cujo corpo aparece na praia e aparentemente sem razão alguma...

As investigações lançam a discórdia, desconfiança e antigas histórias voltam a aparecer na pequena comunidade pacata que não sabia o que era confusão...

Ver esta série foi como ter um mash up de Doctor Who com Harry Potter e mais umas quantas séries e filmes por isso sim, nada a apontar ao elenco que prometeu e entregou.

Agora o meu medo está com Jodie Whittaker que desempenha o papel de mãe sofredora com a perda do filho e tudo o que essa tragédia trouxe consigo... será ela capaz de desempenhar uma boa Doctor? E que tipo de Doctor será?

Depois de o Master passar a Missy não me espantou esta mudança de sexo que já era esperada... 

Se gostam de policiais este é um bom para ver porque não vai desiludir, se são fãs de Doctor Who é também uma forma de conhecer a nova "aquisição" ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

Under_the_Dome_intertitle.jpg

Under the Dome

Não li o livro mas isto andava a boiar na Netflix e decidi dar uma oportunidade à coisa.

Long story short, cai uma redoma de vidro sobre uma cidade perdida no Maine e ninguém percebe porquê... A história está cheia de momentos wtf!? e é capaz de deixar uma pessoa curiosa antes de passar ao modo "nonsense". Não é das melhores coisas do planeta, no entanto é uma forma porreira de passar o tempo.

 

3porcentonetflix.jpg

3%

Vi esta por curiosidade... Este thriller passa-se numa sociedade que se divide entre o progresso e a extrema pobreza, uma sociedade em que apenas 3% tem direito a viver uma boa vida, mas para tal deve passar por um processo de selecção.

A série tem apenas 9 episódios e é preciso alguma disposição para os ver, caso contrário pode parecer aborrecido. No entanto a curiosidade sobre o final levou a melhor...

 

santa-clarita-diet.jpg

Santa Clarita Diet

Epá, aquilo que prometia ser uma série hilariante depressa se tornou demasiado idiota (até para os meus padrões) e rapidamente perdi o pouco interesse que tinha e a vontade de ver mais varia entre o pouca e o nenhuma... É claramente um mau aproveitamento de um elenco que nem é assim tão mau e que podia ser bem mais divertido...

 

Zoo-header.jpg

Zoo

Depois de ver dois ou três posts no facebook e por estar sem vontade de ver o quer que fosse... vi Zoo. Obviamente que a vontade de ver um coelhinho branco a matar alguém ajudou à coisa mas infelizmente não vi nenhum.

Começa o apocalipse com a revolta dos animais que mudam os seus padrões e dieta para exterminar a raça humana (com a ajuda dos humanos que pouco gostam da sua raça...).

Estou a aguardar a nova temporada na Netflix e a curiosidade é muita... acho que demorei 3 dias a ver tudo o que não é muito tendo em conta a duração de cada episódio... Se querem imaginar malta que conhecem a ser morto por formigas esta série é a ideal :D

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

DIY | Bias tape maker

por Pantapuff, em 16.08.17

BIAS-TAPE.png

Tenho mais um vídeo DIY!

Passo a vida a fazer coisinhas destas mas nunca filmo... esta é uma das excepções :D

Quem costura está sempre com fitas de viés nas mãos. Além de práticas fazem com que os acabamentos fiquem mais bonitinhos. Se querem poupar uns trocos aqui fica uma sugestão ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

steammusic.png

 

Tal como na literatura, a música steampunk pega nos temas, imagética e estética e transporta-os para a sua "área".

música parece ser intemporal e vintage mas nunca contra a modernização tecnológica.
Existem bandas que mostram claramente a intenção de criar música steampunk enquanto outros se fazem valer apenas do factor estético.
Alguns dos nomes que podem procurar são: Abney park, ArcAttack, The Clockwork Quartet, The Dresden Dolls, Dr. Steelers, Humanwine, The James Gang, The Lisps, Rasputina e Voltaire.
 
Temos sons para todos os gostos mas confesso que, para mim, os melhores são os que nos contam histórias.
Se não conhecem aventurem-se e conheçam este género que alia um pouco de todas as áreas em que o steampunk se manifesta ;)
 
Deixo-vos com a minha banda favorita ;)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00




Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.