Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu sonho...

por Pantapuff, em 12.02.08

Hoje em dia temos de pagar impostos (eu não, mas os meus pais) por tudo e por nada, por vezes pagamos por coisas tão estúpidas que nem vale a pena mencionar. Por enquanto a única coisa pela qual não pagamos impostos (por enquanto) é pelos sonhos. É nessa altura em que sou mais feliz, posso fazer o que quiser, posso ser eu mesma sem me preocupar com nada pois é o meu mundo... Sonho quando durmo (e sonho acordada) com um mundo livre de guerras e censura. Sim, censura ou pensam que somos livres de dizer o que queremos? Acham que na televisão estão todos os factos e que nos dizem tudo? Pois se pensam isso vejam bem os telejornais e o tempo que cada um deles dedica a notícias que são de facto importantes. Pensando bem é o que vou fazer este fim-de-semana (e não estou a brincar vou mesmo contar o tempo). Sonho com um lugar onde cada um acredita no que quiser e não tem de ter medo de ser julgado pelas suas crenças, sonho com um mundo sem racismo, xenofobia e outras coisas completamente estapafúrdias que as pessoas sentem/temem. Sonho com o dia em que vou ver os meus textos publicados num livro (tenho cada vez mais pena dos que perdi...) e com o dia em que o meu livro vai estar acabado (vai chocar e abrir os olhos de muitas pessoas para coisas que não pensavam ter a origem que têm). Sonho com o dia em que podemos tornar os nossoa sonhos realidade. Sonho com o dia em que irei acordar e ver que mais pessoas sonham e perseguem esses sonhos para os tornar realidade. EU SONHO! SONHA TU TAMBÉM!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54

Blogs

por Pantapuff, em 11.02.08
O mundo blogueiro está em crescimento constante.
Todos os dias existem novos blogs na web e todos iguais...é verdade. Ora vejam lá a quantidade de blogs que aparecem sobre Harry Potter cada vez que sai um livro ou um filme novo. Blogs sobre Buffy- a caçadora de vampiros, Eragon, Senhor dos Anéis, etc etc.
A verdade é que estes blogs falam todos dos mesmos assuntos e têm todos as mesmas novidades porque vão todos ler os mesmos sites e blogs. Resumindo todos escrevem o mesmo e muitas vezes copiam exactamente pelas mesmas palavras sem pôr o nome de quem escreveu o texto original (se bem que muitas vezes não se consegue saber pois quase ninguém põe os devidos créditos).
Apesar de todos os dias aparecerem novos blogs e sites, também fecham muitos e porquê? Ora, porque os webmasters e webmistress (como eu) cresceram e fartaram-se de estar sempre a escrever o mesmo que os outros sendo quase impossível para nós ter alguma coisa de nova nos nossoa blogs/sites...uns como eu mudam radicalmente de tema de escrita e abrem um novo blog completamente diferente (o que é raro uma vez que na maior parte dos casos abrem outro blog que fala de mais filmes, ou seja, continuam na mesma) enquanto que outros reformam-se desta vida alegando que não têm tempo para escrever por causa da escola (isto os que estudam) ou então dizem a verdade e admitem que fartaram-se de ter blogs iguais a todos os outros.
Uma coisa que abomino completamente são os copycats. Para os que não sabem são pessoas que copiam o trabalho das outras e colocam na net como se tivessem sido eles a fazer... é triste ver que além de pessoas sem imaginação existem pessoas sem imaginação que roubam os outros.
Deixo aqui uma mensagem para algum copycat que esteja a ler...

Roubarias um carro?
Roubarias uma carteira?
Roubarias um filme?
Roubarias um cd?
Não?

Então porque raio roubas o trabalho dos outros e pões como se fosse feito por ti?
Não achas que também é ROUBAR???
Posso dar graças de nunca ter sido vítima de tais pessoas, mas os bloggers têm de se unir e se souberem de algum blog/site que seja copycat deve reportar e dizer a todos os que conheça...bom, esta é a minha opinião.
Agora deixo aqui um apelo à originalidade: por favor criem os vossos próprios textos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:18

Folha em Branco

por Pantapuff, em 06.02.08
A vida é de facto uma folha em branco, folha essa que deve ser preenchida com as nossas vivências em cada dia.
Não percebo as pessoas que se limitam a viver numa pasmaceira tal que passam o dia a bocejar à espera que algo de bom lhes caia do céu.
Lutem pá!
Qual é a piada de um dia (daqui a muitoooos anos quando já estiverem quase a morrer) de se perguntarem: o que é que eu fiz da minha vida?
Uma folha em branco é para ser escrita e ficar cheia de riscos e letras e toda amarrotada, não é para ficar lisinha como se tivesse sido passada a ferro...
Dizem que "Deus escreve direito em linhas tortas" (é uma frase popular)...ora se ele escreve porque não escrevem as outras pessoas também? Porque é que havemos de ser diferentes? Porque somos de carne e osso?
À três anos atrás quando estava a fazer o 10ºano, no último dia de aulas a minha professora de latim deu-me uma frase e disse que ela me ia acompanhar para o resto da minha vida... "Quam felix uita transit sine negotis?". Acontece que agora lhe dou razão e todos os dias me pergunto: até que ponto sou feliz sem trabalho? Até que ponto sou feliz sem fazer absolutamente nada da minha vida?
Nesse dia em que ela me entregou aquela frase disse-me, também, algo que eu achei absolutamente despropositado: "tu aborreces-te facilmente depois de aprender uma coisa e tens de aprender mais, continua assim". Na alura não percebi e achei estranho uma professora dizer aquilo a uma aluna, mas hoje percebo o que ela queria dizer...e tem toda a razão, eu aborreço-me muito depressa quando aprendo algo e para mim é assim: "já sei isto vamos passar à frente", mas também não descanço enquanto não souber as coisas, sou demasiado "curiosa" para deixar algo para trás...
É impressionante o quanto uma só pessoa consegue mudar o rumo da nossa vida, não é?
Por isso vos digo uma coisa antes de me ir embora: CARPE DIEM!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:36



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.