Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sexo sem compromisso

por Pantapuff, em 04.11.11

Sexo sem compromisso é bom? É mau? Isso deixo à descrição de cada um e dos seus gostos.

Será moda nova? O grito das mulheres para terem igualdade de direitos? Andam a ler demasiados romances eróticos ou será que estão apenas a sair do armário?

Vemos cada vez mais lixo revistas cor-de-rosa com relatos das "aventuras" de mulheres no escritório com o estagiário mais novo que as possuem  na mesa do escritório ou então com o personal trainer no balneário do ginásio que depois deixam de frequentar. E claro não podemos esquecer a tão conhecida “rapidinha” na casa de banho de um bar qualquer.

Podemos usar revistas como estas como base fiel para fundamentar o quer que seja? Claro que não. Na sua grande maioria são textos editados ou criados apenas com o objectivo de vender mais. E devo admitir que alguns são bem engraçados. O mesmo se aplica aos estudos onde se usam umas percentagens quaisquer só para mostrar que é um texto sério e fiável.

Será que as mulheres estão a usar o sexo sem compromisso porque não confiam nos homens? Não sei se será assim. A verdade é que a ideia de uma mulher agarrada à tábua de engomar à muito foi deitada fora. Afinal de contas se um homem dorme com 50 é um herói porque é que uma mulher ter uma one night stand tem de ser uma puta ou uma vadia?

Não creio que seja uma moda vinda dos EUA ou de outro lado qualquer. Existem mulheres em todo o lado, o que difere de país para país é apenas a abertura com que se fala destes temas.

Há também quem diga que estas mulheres têm uma grande auto-confiança. Eu cá não creio que devemos julgar todas as historietas destes desperdícios de papel como se fossem verdade, pois nunca um relato desses fala de uma empregada de limpeza baixinha e gordinha. O quê essas são “santas” e não comem por fora? Só as mulheres lindas e com bons empregos é que têm aventuras? Além de que não podemos julgar os livros pelas capas e não nos podemos esquecer que muitas das que transpiram confiança são as que mais defeitos apontam aos seus próprios corpos.

Sexo sem compromisso não é novidade alguma no mundo, foi algo que sempre existiu e sempre há-de existir. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Si. R. a 05.11.2011 às 14:04

E adora-se que assim seja, e viva as mulheres por o fazerem cada vez mais ehehe não partilho muitas das teorias que escreveste, mas era muito longo explicar aqui as minhas...
bjs e juizo :P

Si
Imagem de perfil

De Pantapuff a 05.11.2011 às 14:05

É preciso vir falar de sexo para comentares? Ai ai as coisas que aturo....
as teorias não são minhas, são de outros. este texto funciona como resposta a um outro blog ;)
Imagem de perfil

De parcifal a 16.11.2011 às 16:42

Não acho nada mal. É um bom anti-stress... sexo de fugida ou rapidinha, que mal tem? Não é bom para ambos? Sexo é simplesmente necessário para a nossa saude mental. Apenas os golfinhos fazem sexo pelo prazer. Segue o exemplo. Viva o sexo livre para quando for bom para ambos.

Comentar post



Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.