Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Facebook e a vida privada

por Pantapuff, em 30.09.11

Facebook, a rede social que começou numa universidade e depressa ganhou fãs dentro deste particular grupo estudantil. Não demorou para que esta rede social ganhasse adeptos de outras áreas como jornalistas, escritores, bloggers, ... 

Mas tudo o que é bom acaba depressa e começaram a vir as massas e os putos que que só usam o facebook para spam e jogos.

Ultimamente os updates têm sido demasiados e o site têm vindo a tornar-se cada vez mais lento e com várias falhas, mas supostamente esta mais recente versão vem resolver essa lentidão (que eu ainda noto por vezes mas enfim).

 

AGORA as pessoas andam com medo porque não querem que os outros vejam tudo aquilo que andam a fazer a todo o instante. Ora bem, vamos lá ver uma coisa. Da última vez que fui ao facebook (2 segundos atrás) aquilo ainda não escrevia sozinho nem inventava coisas, não me adiciona amigos nem tira outros e muito menos publica o que não quero... 

Minha gente, se querem a vossa vida privada façam um diário com cadeado para proteger os vossos segredos e deixem as fotografias nos vossos álbuns pessoais e não usem o facebook. 

Não sei se sabem mas existe uma coisa chamada definições de privacidade e nesse mundo mágico acontecem coisas maravilhosas... podem definir quem pode ou não ver o que gostam ou que aplicações têm acesso às vossas informações.

Agora minhas gentes pensem lá bem...em qualquer rede social que estejam isto são coisas básicas a saber e se não têm conhecimento destas coisas básicas então façam um favor a vocês mesmos e fechem as contas todas que tenham por aí espalhadas que a gerência agradece.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17




Alexandra Rolo | Pantapuff

Capturar.PNG


Nascida em 1989, em Lisboa e com uma infância marcada por demasiados filmes de ficção científica é formada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE-IUL), História Religiosa (FLUL) e Gestão Cultural (ISCTE-IUL). Conhecida online enquanto Pantapuff, é blogger desde 2005 e tem colaborado em diversos projectos online, normalmente ligados às áreas da literatura (fantástica e FC) e da internet. Hoje faz do online a sua vida, trabalhando como gestora de redes sociais. Youtuber, bookworm, cosplayer, nerd, Potterhead e Whovian assumida é normalmente vista de phones, telemóvel, iPad e Kindle. O seu maior medo é ficar sem bateria ou perder o acesso à internet.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.